Número de presos por dirigir após consumir álcool supera total de 2021 no RN





Foto: Reprodução

O acidente causado por um auxiliar de pintor que vitimou um casal na avenida Coronel Estevam, em Natal, reacendeu as discussões sobre o uso de bebidas alcoólicas e substâncias ilícitas ao volante no Rio Grande do Norte. Em menos de 15 dias, duas pessoas morreram na avenida. A justiça decretou a prisão preventiva do auxiliar de pintor no plantão do último domingo (28).

Em 2022, foram 63 prisões até o último dia 28 de agosto, número que já supera todo o quantitativo de 2021, quando 56 pessoas foram presas. Os dados foram repassados à Tribuna do Norte pelo comando da Operação Lei Seca no RN.

Tribuna do Norte

Festival de Inverno em Serra de São Bento 11ª edição


A Cidade de Serra de São Bento anuncia retomada e divulga programação da 11ª edição do Festival de Inverno

Situada a cerca de 120 km da capital, cidade serrana se prepara para receber milhares de turistas no período de 12 a 14 de agosto



A distância para a capital potiguar é bem curtinha se comparada a outras cidades serranas do Rio Grande do Norte e a impressão que se tem é de um pequeno mundo novo, encravado entre pedras, lâminas d’água e um horizonte convidativo à contemplação. Com a retomada dos eventos, a prefeitura, os empreendimentos e a população de Serra de São Bento comemoram e se preparam para realizar a 11ª edição do seu concorrido Festival de Inverno, que neste ano de 2022 ocorrerá no período de 12 a 14 de agosto.


O anúncio foi feito na terça-feira 5, pela prefeita Wanessa Morais e o secretário municipal de turismo Diel Figueiredo, em café da manhã oferecido a realizadores, apoiadores e imprensa no Sesc Rio Branco, na Cidade Alta, em Natal (RN). Elba Ramalho, Vicente Nery e Brasas do Forró são algumas das atrações que compõem a programação cultural.

Vale à pena anotar na agenda e se programar para subir à serra. Se não for durante o festival, pois o contingente da população flutuante extrapola todos os limites da lógica organizacional, que seja em outros períodos do ano, e em qualquer dia da semana, pois a cidade é treinada para funcionar como destino turístico. Ou seja, o clima ameno é convidativo ao tradicional cafezinho ou chocolate quente e, ao anoitecer, o vinho se torna quase obrigação religiosa. Sem falar que o lugar está se tornando tradição como roteiro de lojas da fábrica de roupas infantis, adulta (masculina e feminina) e também moda íntima.

Motivos não faltam para a sociedade potiguar mudar a direção dos impulsos de viagem e raciocinar com o juízo focado no turismo regional. Coisa boa é estar pertinho de casa, vendo no pasto o cardápio mais corriqueiro da região – carne de sol com macaxeira e cuscuz com galinha – que são presença quase que obrigatória em bares e restaurantes incrivelmente pitorescos. Em tão pouco tempo de viagem, a pequenina cidade nos leva a uma dimensão totalmente diferente da corriqueira paisagem quea população da Região Metropolitana está tão acostumada, como também os turistas que vêm em procura de praia, sol e mar.

Mesmo que os meios de hospedagem já estejam (praticamente) lotados para o festival (pois as notícias correm ligeiro por aquelas bandas), ainda é possível reservar uma casa para temporadas. A pousada Mato Grosso (8498717-3707), uma das que não tem vagas para o período, tem uma atendente muito bacana– Suely, com preciosas indicações de casas, passeios e guias. Um verdadeiro achado.

Com paisagens de tirar o fôlego, a Serra de São Bento e as cidades vizinhas Monte das Gameleiras e Passa e Fica são escolhas perfeitas para quem gosta de turismo ecológico. Nem precisa ser atleta. Basta vestir uma malha, calçar os tênis e escolher as trilhas de baixo, médio ou alto impacto. Claro, sempre com um guia.

LANÇAMENTO

“Estamos muito felizes em retornar o Festival agregando cultura, gastronomia e o artesanato. Nosso intuito é valorizar o que o município tem de melhor, inserindo-o no mapa do turismo potiguar”, disse a prefeita Wanessa Gomes de Morais. Muito animada, ela declarou que o município está preparado a viver um final de semana agitado, mesmo com a iminência de um tráfego intenso. Nesta época do ano, com as temperaturas mais baixas, a estimativa é de que 50 mil pessoas visitem o Festival.

No período de 25 a 29 de julho, a Prefeitura e o Senac RN irão oferecer cursos gratuitos, sendo uma turma para o de Manipulação de Alimentos; e outra turma para o de Técnicas no Serviço de Garçom, com o objetivo de qualificar os profissionais que irão trabalhar no Festival. No total, serão oferecidas 50 vagas para cada curso.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira – 12 de agosto
Palco Principal
20h – Atrações Locais
21:30h – Banda Perfume de Gardênia
23h – DJ Sax In The House
23:30h – Mari Fernandes
1h – DJ Sax In The House
1:30h – Brasas do Forró

Praça do Turista
19h às 22h – Feirinha do Bento
19h – Atrações culturais

Sábado – 13 de agosto
Praça do Ginásio
17h – Show Infantil
19h – Apresentações Culturais

Palco Principal

20h – Artistas Locais
21:30h – Isaac Galvão
23h – DJ Bruno Mooneyhan
23:30h – Elba Ramalho
1h – DJ Bruno Mooneyhan
1h:30 – Vicente Nery

Praça do Turista

16h às 22h – Feirinha do Bento
19h – Atrações culturais

Domingo – 14 de agosto
Palco Principal
12h – Soanata
14h – Hélio dos Teclados

Praça do Turista

12h às 17h – Feirinha do Bento
16h – Forró da Melhor Idade

Japonês que gastou R$ 75 mil para se ‘transformar’ em cachorro expõe dificuldades da ‘vida animal

Um japonês, conhecido como Toco nas redes sociais, gastou 2 milhões de ienes (cerca de R$ 75,9 mil) para obter uma fantasia hiper-realista de um cachorro da raça collie, a sua favorita. Agora, ele compartilha por meio do seu canal no YouTube as dificuldades de se adaptar à “vida animal”.

Entre os problemas considerados cômicos está o trabalho que Toco teve para subir no sofá de sua casa. No vídeo, é possível ver o japonês vestido de cachorro passando pouco mais de um minuto tentando subir no pequeno sofá. Depois de tanto esforço, ele finalmente conseguiu.

As imagens conseguiram quase 10 mil visualizações em poucos dias. Alguns seguidores interagiram com Toco por meio dos comentários do vídeo e deram dicas de como ele pode subir no móvel sem muita dificuldade.


UOL 

Apenas quatro carros fumacê operam no combate ao mosquito da dengue em todo o RN; outros 11 veículos estão parados


Veículos abandonados na sede da UBV, da Secretaria de Saúde do RN, em Natal — Foto: Pedro Trindade/Inter TV Cabugi

Apenas quatro dos 15 carros fumacê da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) estão operando em todo o estado. A unidade é responsável pelo combate ao Aedes Aegypti – mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Na manhã desta quarta-feira (4), três veículos eram utilizados e um quarto estava em manutenção. Os veículos atendem a todo o estado.

Outros 11 carros foram revistados no ano passado, mas seguem parados por problema no equipamento compressor que libera o inseticida. O caso foi confirmado pela Sesap.

O servidor do Ministério da Saúde, Antônio Barbosa, que atua há 21 anos na unidade localizada na Zona Norte de Natal, é um dos funcionários que reclamam da situação.

“Só tem quatro carros e nós temos o estado todo para cobrir. Nós não temos condições de de suprir a demanda”, disse.

“Quando os carros estão parados, os servidores ficam com os braços cruzados, sem ter o que fazer. Mas a culpa não é dos funcionários, que estão aqui à disposição para trabalhar”, complementa.

Segundo os servidores, ainda há outros oito carros sem qualquer condições de uso que foram devolvidos à administração, mas seguem abandonados no local, acumulando sujeira e água.

Surto de dengue no RN


O estado enfrenta um surto de dengue. De janeiro a 23 de abril, a Secretaria Estadual de Saúde registrou 6.278 casos da doença. O número supera o total de casos de todo o anos de 2021, que contou com 4.301 registros.

Segundo Kelly Lima, coordenadora da Vigilância em Saúde, o problema foi causada pela quebra das peças responsáveis pela puverização do inseticida.

“O processo de compra está em andamento desde o ano passado. O MP vem acompanhando essa situação, porque, pela legislação, o estado precisa solicitar orçamento de três fornecedores, mas só uma empresa vende essas peças no país. Já temos empenho, e estamos aguardando parecer da Procuradoria Geral do Estado, porque o valor passa de R$ 1 milhão”, afirmou.


Ainda de acordo com ela, a Secretaria de Saúde espera receber as peças ainda na primeira quinzena de maio.

g1-RN

Projeto prioriza matrícula de criança vítima de violência doméstica

Texto insere o dispositivo no Estatuto da Criança e do Adolescente
 

"Crianças precisam de ambientes tranquilos e seguros", disse a autora da proposta

O Projeto de Lei 2225/21, já aprovado pelo Senado, prevê a matrícula prioritária em creche ou escola perto de casa da criança ou do adolescente em comprovada situação de violência doméstica. O texto agora em análise na Câmara dos Deputados insere o dispositivo no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“Crianças e adolescentes necessitam, para o sucesso da formação de sua personalidade, de ambientes tranquilos e seguros”, disse a autora da proposta, senadora Nilda Gondim (MDB-PB), ao defender as mudanças.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; de Educação; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Reportagem – Ralph Machado
Edição – Ana Chalub
Com informações da Agência Senado

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Ministro da Defesa diz a Fux que Forças Armadas estão ‘comprometidas com a democracia’


Ministro Luiz Fux em audiência com General Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira — Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Após reunião com o titular do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, recebeu em seu gabinete o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, ex-comandante do Exército Brasileiro.

O encontro, que estava previsto inicialmente para acontecer nesta quarta-feira (4/5), acabou antecipado para esta terça-feira (3/5). A reunião foi pedida pelo próprio general, que chegou às 17h horas ao Supremo.


A reunião ocorreu dentro de um contexto no qual o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem voltado a colocar em xeque a atuação do Judiciário, em especial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), retomando o discurso de questionamento sobre a lisura do processo eleitoral.


Nogueira assegurou a Fux que “as Forças Armadas estão comprometidas com a democracia brasileira, e que os militares atuarão, no âmbito de suas competências, para que o processo eleitoral transcorra normalmente e sem incidentes”.

Por sua vez, o presidente do STF ressaltou que a Suprema Corte brasileira preza pela harmonia entre os poderes e pelo respeito entre as instituições.

Serenar os ânimos

A reunião entre o general Nogueira e Fux pode servir para serenar os ânimos entre o Executivo e o Judiciário, acirrados mais uma vez depois dos novos ataques de Bolsonaro à Suprema Corte e ao TSE.

Em fala durante o “Ato Cívico pela Liberdade de Expressão”, no Palácio do Planalto, em Brasília, o mandatário do país afirmou que uma saída para garantir a lisura das eleições está em sugestões feitas pelas Forças Armadas ao TSE. “Não precisamos do voto impresso para garantir a lisura das eleições, mas precisamos de ter uma maneira – e ali, nessas sugestões, existe essa maneira – para a gente confiar nas eleições”, insistiu.

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, manifestou-se em defesa da Justiça Eleitoral e do sistema eletrônico de votação, na ocasião.

“As instituições e a sociedade podem ter convicção da normalidade do processo eleitoral. A Justiça Eleitoral é eficiente, e as urnas eletrônicas confiáveis”, escreveu Pacheco. “Não tem cabimento levantar qualquer dúvida sobre as eleições no Brasil”, afirmou.

Fonte do Metrópoles 
Reposte do Blog do BG

Degradê + Platinado do dia a dia

Brasil ultrapassa 663 mil mortos por Covid; média móvel sai da tendência de queda após mais de 2 meses

São 663.165 óbitos e 30.395.189 casos registrados do novo coronavírus desde o início da pandemia, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Média móvel de mortes voltou a apontar estabilidade após 61 dias em queda; variação sofreu peso de números incluídos tardiamente no RJ.



Brasil registra 224 óbitos por covid nesta quarta-feira

O Brasil registrou nesta quarta-feira (27) 224 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 663.165 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 99. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -15%, indicando tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes da doença. A curva volta a apontar estabilidade após 61 dias em queda.

Brasil, 27 de abril

Total de mortes: 663.165
Registro de mortes em 24 horas: 224
Média de mortes nos últimos 7 dias: 99 (variação em 14 dias: -15%)
Total de casos conhecidos confirmados: 30.395.189
Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 20.495
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 12.413 (variação em 14 dias: -36%)