terça-feira, 27 de agosto de 2013

João Maia diz que rompimento do PR com Rosalba é inevitável


O presidente estadual do Partido da República, deputado federal João Maia, disse que ainda não quer conceder entrevista sobre o provável rompimento do seu partido com o governo Rosalba Ciarlini, seguindo o exemplo do PMDB.

Mas confirmou que já marcou uma reunião da Executiva Estadual do PR para o dia 14 de setembro, quando pretende discutir a situação com cerca de 200 militantes, incluindo presidentes de diretórios municipais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças regionais para uma tomada de posição.

“Lamento o que está acontecendo, pois considero que essa situação é ruim para o estado do Rio Grande do Norte, mas é inevitável. Os aliados [do governo] devem decidir pelo rompimento e acompanhar o caminho do PMDB”, disse João Maia. No caso do PR, o maior destaque entre os cargos é a secretaria estadual de Turismo, atualmente ocupada por Renato Fernandes.

Do Blog Tangaraense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve