domingo, 7 de setembro de 2014

Campanha de Robinson solta nota “O que não é baixaria na campanha eleitoral do acordão?”


A guerra agora está declarada, a assessoria do Candidato Robinson Faria acaba de soltar uma nota rebatendo peças veiculadas no horário eleitoral de Henrique Alves que informava que a campanha de Robinson estava usando de baixarias para atacá-lo, deixava a entender o programa de Henrique que isso seria um “desespero” do candidato Robinson.

Segue a nota da campanha do candidato Robinson Faria:
O que não é baixaria na campanha eleitoral do acordão?

O que o candidato do acordão, Henrique Eduardo Alves (PMDB), chama de baixaria? Baixaria por acaso seria apontar que Henrique indicou 7 secretários do governo Rosalba? Isso não é baixaria é um fato. Baixaria seria falar das negociatas de Henrique e de líderes do PMDB como Eduardo Cunha e Michel Temer por cargos e verbas no governo federal? Isso não é baixaria é um fato. 

Baixaria seria dizer que Henrique sofreu condenações na Justiça por improbidade administrativa quando ocupou o cargo de titular da Segov, secretaria criada no final do segundo governo Garibaldi, seu primo, só pra dar sustentabilidade a uma eventual candidatura sua ao governo, implodida por Wilma de Faria que saiu candidata? Isso não é baixaria é um fato. Baixaria seria relembrar as denúncias de sua ex-mulher de que ele – Henrique – tinha 15 milhões de dólares em paraísos fiscais? Isso não é baixaria é um fato. 

Baixaria seria dizer que Henrique utilizou avião da FAB, em uso particular, para levar a esposa e familiares a um jogo do Brasil no Rio de Janeiro? Isso não é baixaria é um fato. Baixaria seria dizer que um assessor de Henrique mantinha uma construtora de fundo de quintal e que era guardada por um bode de apelido “galeguinho”, e que recebeu recursos de mais de R$ 6 milhões em emendas do Orçamento Geral da União?

Isso não é baixaria é um fato.

Com Informações do Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve