terça-feira, 9 de dezembro de 2014

A história do menino que virou mulher


A identidade sexual (ou gênero) não é barreira para pessoas que nasceram em “corpos errados”, o que cria diversos dilemas sociais e morais que, por sorte, têm ficado cada vez mais brandos com o tempo.

Uma história que vale a pena ser contada é a de Rafael Hilton, um jovem mexicano de Tijuana que sofria de anorexia, sendo extremamente magro e não tendo vida social. Sua banda preferida, Cannibal Holocaust, mostrava que o jovem passava por problemas emocionais, algo refletido em seu cabelo e roupas, popularmente conhecidos como “emo”.

O grande problema escondido, no fundo, era a inadequação sexual ao corpo de homem com o qual nasceu: lutando contra isso, Rafael começou uma jornada de longos 7 anos, que o levaram a ser transformar em Kim Kaoz, que hoje tem mais de 8 mil seguidores no Facebook. Confira aqui as diferenças na mudança, e veja como é mais do que possível um garoto estranho se tornar uma bela mulher:


Confira a Galeria de fotos completa


















E você, casaria com ela se ela te desse chance?


Por: Pietro Bottura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve