sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Al Qaeda assume ataque em Paris


Um membro da Al Qaeda no Iêmen disse que o grupo dirigiu o ataque contra o semanário francês Charlie Hebdo, reporta a agência de notícias Associated Press. Segundo ele, a mais perigosa ramificação da rede terrorista, chamada Al Qaeda na Península Arábica (AQPA), atacou a revista ”como vingança pela honra” do profeta islâmico Maomé.

“A liderança da AQPA dirigiu as operações e escolheram o alvo com cuidado”, afirmou o grupo em comunicado. Said Kouachi, um dos dois irmãos terroristas mortos pela polícia francesa, foi treinado pela Al Qaeda no Iêmen.

Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve