terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Estado Islâmico ameaça a França em novo vídeo






O grupo Estado Islâmico (EI) fez novas ameaças contra a França, afirmando ter milhares de partidários neste país prontos a realizar ataques, em um novo vídeo divulgado nesta terça-feira em fóruns islamitas e contas jihadistas.

No vídeo, um jihadista instiga os muçulmanos a atacar as pessoas que protestaram em janeiro contra o ataque à revista satírica Charlie Hebdo, em Paris.

Cercado de outros seis homens armados e mascarados, um jihadista convocou em francês os muçulmanos a atacar as milhões de pessoas que protestaram em janeiro contra o ataque à revista satírica Charlie Hebdo.

O ataque em questão, em 7 de janeiro em Paris, deixou 12 mortos.

No vídeo, o homem encoraja os muçulmanos atacar com facas policiais e soldados para roubar suas armas.

O EI apela todos os muçulmanos da França a deixar o mais rápido possível o país para territórios sob seu controle no Iraque e na Síria, e exige do presidente francês François Hollande a libertação de todos os islamitas detidos, bem como a liberação de seus passaportes para que se juntem ao EI.

O homem, aparentemente jovem e com uma longa barba, afirma que os dois autores do ataque contra a Charlie Hebdo, o que atacou um mercado kasher em 9 janeiro e aquele que agrediu com uma faca policiais perto de Tours (centro-oeste da França) em 20 de dezembro eram leais ao EI.

A Al-Qaeda na Península Arábica (Aqpa), baseada no Iêmen, reivindicou o ataque contra a Charlie Hebdo, enquanto o autor do ataque ao mercado kasher disse pertencer ao EI.

Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve