sábado, 18 de abril de 2015

Robinson Faria espera respaldo satisfatório de Henrique Alves para o turismo do RN


Depois de alguns meses de espera, a nomeação de Henrique Eduardo Alves para o Ministério do Turismo, finalmente, foi oficializada e, com ela, apareceram também às comemorações de diferentes setores políticos do Estado. Isso porque o Estado volta a ter um nome em uma importante pasta do Executivo Federal, principalmente, por essa pasta ser o turismo, uma das principais atividades turísticas do Rio Grande do Norte.

Uma mostra dessa expectativa positiva, inclusive, foi dada pelo próprio governador Robinson Faria, do PSD. Ex-adversário de Henrique, Robinson colocou a turbulenta campanha eleitoral para trás e afirmou que espera do novo ministro boas notícias para o turismo potiguar, atividade que ele tem elencado como uma das prioridades da sua gestão: “Naturalmente que é importante para nosso Estado ter um conterrâneo no ministério do Turismo. Esperamos que ele possa usar o cargo para ajudar o Rio Grande do Norte, que tem uma vocação turística extraordinária e precisa do apoio do Governo Federal para desenvolver essa importante cadeia de produção de empregos e geração de renda e receita para o Estado”.

Robinson Faria afirmou ainda que irá a Brasília para levar os pleitos do RN na área do turismo e espera todo o apoio necessário do novo ministro. “Vamos levar nossos projetos para desenvolver o turismo e esperamos que o novo ministro possa dar um respaldo satisfatório ao RN. Sabemos que o País vive um momento delicado, mas os investimentos em uma área que multiplica empregos e gera receita, merecem ser vistos como prioritários pelo Governo Federal, justamente para minimizar os efeitos da crise”, disse o governador.
Integrante da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, o deputado federal Rafael Motta (PROS) também viu com bons olhos a nomeação de Henrique Eduardo Alves para o Ministério. Segundo o parlamentar, essa será uma grande chance para desenvolver essa atividade no Rio Grande do Norte, com a promessa de novos programas e investimentos federais.
“O turismo é uma das atividades mais importantes para a economia potiguar. Geradora de empregos, de renda e de recursos para os cofres públicos. Com Henrique no Ministério do Turismo, esperamos uma parceria importante para os potiguares, de investimento e incentivo nesse setor”, afirmou Rafael Motta.

O deputado federal, vale lembrar, já entrou ao, agora, ex-ministro Vinícius Lajes, uma série de ações e obras que demandam de investimentos federais com o intuito de incentivar o turismo no interior do Estado. “O Rio Grande do Norte tem um potencial turístico muito grande e acreditamos que é totalmente viável desenvolver o turismo também no interior, gerando emprego e renda para muitos municípios. Para isso, porém, é necessário o desenvolvimento de certa infraestrutura que facilite, por exemplo, o deslocamento do turista no interior”, acrescentou o parlamentar.

Colega de Henrique no PMDB, o deputado federal Walter Alves foi outro a elogiar o novo nome para o Ministério do Turismo. “Só quem ganha com essa indicação de Henrique para o ministério do Turismo é o Rio Grande do Norte, que volta a ter um representante no alto escalão do governo federal lutando por recursos para os municípios potiguares”, afirmou ele.

“Temos que lembrar que o turismo é uma das atividades mais importantes para o Rio Grande do Norte, é forte geradora de empregos e impacta 52 outras atividades sendo, portando, estratégica para o desenvolvimento do RN. Com Henrique ministro, teremos ainda mais condições de fortalecer o turismo potiguar. Henrique fez um grande trabalho como presidente da Câmara dos Deputados e temos a convicção de que ele fará também um grande trabalho a frente do Ministério do Turismo”, acrescentou Walter Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve