sábado, 2 de maio de 2015

Deputado Paulinho da Força chamou Dilma de “desgraçada”





Em discurso no evento da Força Sindical para celebrar o Dia do Trabalhador, neste 1º de Maio, o deputado federal Paulo Pereira da Silva (SDD), o Paulinho da Força, dirigiu ofensas à presidente Dilma Rousseff (PT) e voltou a fazer críticas ao ajuste fiscal promovido pelo governo da petista. 
O deputado, contudo, que defende o projeto da terceirização, em discussão no Congresso Nacional, não tocou no assunto enquanto esteve no palco, falando aos trabalhadores. 

“Quem quer a Dilma fora, levante o braço. Quem quer essa desgraçada fora, levante o braço”, disse, recebendo o apoio do público que lotou a praça Campo de Bagatelle, na zona norte de São Paulo. “Dilma, vai para o inferno”, continuou. Antes de falar ao público, Paulinho disse que “não era dia” de discutir o projeto de lei (PL) 4330, que permite a terceirização de todas as atividades de uma empresa e é criticado por especialistas e centrais sindicais. 

Aos jornalistas, Paulinho defendeu o PL e disse que a proposta só precisa de algumas correções, o que, segundo ele, deverá ser feito no Senado – o texto já foi aprovado na Câmara e agora será analisado pelos senadores. “Fizemos o que deu na Câmara. Fiz o meu papel e apresentei quatro emendas”, disse. 

Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve