terça-feira, 5 de maio de 2015

Dunga defende seleção do 7 a 1, mas renova mais do que Mano em 2011





Para Dunga, o que aconteceu na Copa do Mundo de 2014, a derrota de 7 a 1 para a Alemanha, na semifinal, foi um fato único.

Mas para a Copa América do Chile, em junho e julho deste ano, somente oito jogadores que estavam no Mundial do ano passado foram chamados na lista anunciada nesta terça (5), no Rio -poderiam ser nove, se Oscar não tivesse sofrido uma lesão muscular que o deixará fora da competição.

O número de remanescentes está dentro de um padrão de renovação de uma Copa do Mundo para uma Copa América, desde 1987, quando o torneio continental adotou o formato atual, com sede única e, normalmente, disputado um ano depois do Mundial (com exceção de 2004, dois anos após a Copa de 2002).

Mas é menor do que a lista da última Copa América. De 2010, Copa do Mundo da África do Sul, para 2011, Copa América na Argentina, o técnico Mano Menezes levou nove remanescentes, maior número desde 1987, mesmo apostando em jovens atletas como Neymar, Alexandre Pato e Paulo Henrique Ganso.

Curiosamente, Mano usava jogadores que haviam trabalhado com Dunga no Mundial do ano anterior.

“O que aconteceu na Copa é um fato único. Queremos ganhar, a seleção é referência. O futebol brasileiro segue admirado, a camisa da seleção segue respeitada. Você pode ver a importância que a França deu para o jogo contra o Brasil, que o Chile deu. Isso mostra que a seleção é respeitada”, disse Dunga após a convocação.

Os oito jogadores que estavam na Copa de 2014 e que Dunga levará ao Chile são Jefferson, Thiago Silva, David Luiz, Luiz Gustavo, Fernandinho, Marcelo, William e, claro, Neymar.

Destes, cinco estavam em campo em 8 de julho, no 7 a 1 para os alemães. Thiago Silva estava suspenso, Jefferson era reserva e Neymar machucado.

Para a Copa América, Jefferson, Luiz Gustavo, Willian e Neymar são titulares, pelo menos no início do trabalho -a seleção se apresenta dia 1° de junho, para uma semana de treinamento em Teresópolis, a 90km do Rio.

Thiago Silva e David Luiz devem disputar uma vaga na zaga ao lado de Miranda. Fernandinho briga com Elias por um lugar no meio de campo e Marcelo vai começar como reserva de Filipe Luis.

Folha Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve