terça-feira, 5 de maio de 2015

Estado Islâmico executa prisioneiros soltando blocos de concreto em suas cabeças

Conheça várias condenações brutais

Condenações brutais levadas a cabo pelos militantes do Estado Islâmico estão se tornando cada vez mais comuns. Eles já atiraram gays de prédios, apedrejaram ladrões e decapitaram jornalistas, dentre outros métodos cruéis de assassinato.



Foto: Reprodução/ Daily Mail

Nesta semana, surgiram novas imagens na internet que mostram mais uma execução, esta no norte do Iraque. Dois homens acusados de agredir três mulheres até a morte aparecem deitados e com as mãos amarradas. Militantes jihadistas assistem à cena ao redor dos condenados.

Ele solta a pedra em cima do condenado, que tem sua cabeça esmagada pela força da queda.A punição é conhecida na região como “qisas” — uma retribuição ao estilo “olho por olho, dente por dente”.


Outros dois homens foram decapitados pelo Estado Islâmico acusados de praticar bruxaria na aldeia síria de Jarnyah, ao oeste de Raqqa.

Eles aparecem com os olhos vendados e as mãos amarradas atrás do corpo, com a cabeça apoiada em tocos de madeira, prestes a terem suas cabeças separadas do tronco por facões afiados.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve