segunda-feira, 11 de maio de 2015

ITEP apresenta números do mês de abril




Em abril o ITEP completou 40 anos exercendo um papel fundamental na produção de provas técnicas para elucidação de delitos e mantendo o arquivo de identificação civil e criminal da população norte rio-grandense.

Mas o mês não foi apenas de comemoração, foi também de mutirão na Coordenadoria de Criminalística para concluir laudos relacionados a homicídios cometidos na Região Metropolitana, que estavam em aberto desde o início do ano. Nos primeiros 30 dias do mutirão, os peritos encaminharam 137 laudos às autoridades policiais e do Judiciário.

Além desses, também foram realizadas outras 585 perícias criminais, a maioria delas em armas apreendidas pelas polícias Civil e Militar. O total representa um aumento de mais de 40% em relação à produtividade do mês de março.

Em abril, a Coordenadoria de Identificação expediu quase 15 mil identidades, 5.834 somente para pessoas que ainda não tinham o documento. Como parte das ações alusivas aos 40 anos do Instituto, a COID entregou 200 novas identidades a alunos da Escola Municipal Ferreira Itajubá.

Já na esfera criminal, a coordenadoria atestou 3279 Certificados de Antecedentes, fez a identificação direta e indireta de 710 presos e incluiu outros 253 no banco de dados criminal do Brasil.

O serviço de Medicina Legal realizou 1177 atendimentos de traumatologia e de necrotério nesses 30 dias.E mais 551 exames no Laboratório de Análises e Pesquisas Forenses, a maior parte com entorpecentes.

“O plano agora é iniciar o processo de reconstrução e valorização do ITEP, para que no futuro tenhamos um Instituto respeitado e sendo motivo de orgulho para os servidores e a Segurança Pública do RN”, pontuou o diretor geral.



Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve