terça-feira, 19 de maio de 2015

Oito frigoríficos brasileiros poderão voltar a exportar carne para a China

Medida consta de um dos 35 acordos assinados nesta terça entre os países.
China impôs embargo à carne brasileira em 2012 e retirou em 2014.

Foto: Filipe Matoso Do G1, em Brasília
Acordo assinado entre Brasil e China nesta terça-feira (19) permite a oito frigoríficos brasileiros exportar carne bovina para o país asiático, segundo o Ministério da Agricultura.

O acordo, que tem o nome técnico de Protocolo de Requisito de Saúde e Quarentena, foi um dos 35 assinados entre o governo brasileiro e o chinês por ocasião da visita do primeiro-ministro Li Keqiang a Brasília.

Em dezembro de 2012, após uma suspeita não confirmada de registro de mal da vaca louca no Paraná. a China suspendeu a compra de carne do Brasil.

O embargo comercial foi suspenso em julho eretirado oficialmente em novembro do ano passado, mas, para exportar, os produtores de carne brasileiros necessitam de uma habilitação concedida pelo governo chinês.

"A assinatura do protocolo criará um ato jurídico necessário para a retomada das exportações de carne bovina para a China de forma sustentável e será implementada imediatamente com a habilitação feita pela China nos primeiros oito estabelecimentos exportadores brasileiros", afirmou a presidente Dilma Rousseff em declaração à imprensa após a assinatura dos atos.

Dilma disse que outros nove frigoríficos estão "na fila", à espera de autorização das autoridades chinesas a fim de exportar carne para aquele país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve