domingo, 28 de junho de 2015

Com colaboração de Bruno Senna, Nelsinho é campeão da Fórmula E

A primeira temporada da Fórmula E foi encerrada na tarde deste domingo. Com preciosa colaboração do compatriota Bruno Senna, o brasileiro Nelsinho Piquet terminou a etapa de Londres do campeonato na sétima colocação e conquistou o título inédito.

Nelsinho encerrou o campeonato com 144 pontos ganhos, um a mais que Buemi. Di Grassi, 133 pontos, terminou em terceiro. A última corrida foi vencida pelo francês Stephane Sarrazin, seguido pelo britânico Sam Bird e pelo belga Jerome D’Ambrosio.

Nelsinho disputava o título com Buemi e Di Grassi em Londres. Prejudicado pelas condições climáticas durante o treino classificatório, o então líder do campeonato, principal favorito ao título, conseguiu apenas a 16ª posição do grid de largada.

Na corrida, no entanto, Nelsinho teve mais sorte e contou com a colaboração de um brasileiro. A quarta colocação seria suficiente para Buemi conquistar o título, mas Bruno Senna defendeu a posição com sucesso e ajudou o compatriota a faturar o campeonato.

Stephane Sarrazin, ganhador da prova, acabou desclassificado posteriormente. A decisão, porém, não influenciou na briga pelo título, ironicamente conquistado por um Piquet com a ajuda de um Senna – Nelson e Ayrton, tricampeões na Fórmula 1, eram desafetos.Com passagem polêmica pela Fórmula 1, Nelsinho, envolvido no escândalo de manipulação de resultado do Grande Prêmio de Cingapura 2008, quebra um longo jejum com o título deste domingo, já que não ganhava um campeonato desde a Fórmula 3 Inglesa 2004.

Com carros movidos a eletricidade, a Fórmula E teve sua primeira temporada em 2014-2015. No total, foram 11 etapas em nove países. A categoria conta com a chancela da Federação Internacionalde Automobilismo (FIA) para desenvolver veículos a bateria.



Footstats

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve