quarta-feira, 10 de junho de 2015

Jovem potiguar precisa de ajuda para cirurgia e sonho real de voltar a andar normalmente





Leonardo nasceu com uma Síndrome rara, conhecida por Klippel Trenaunay. Ela se manifesta de várias formas e, normalmente, acomete o sistema venoso e linfático. Até os 7 anos, Leo se locomovia normalmente, porém, a partir dessa idade ele começou a apresentar dificuldades para andar. “Tentamos uma cirurgia aqui em Natal no ano de 2011 para alongamento dos tendões, que estavam encurtados, mas infelizmente não obtivemos sucesso. Desde então Leo precisa usar muletas para se locomover, pois não encosta mais o pé esquerdo no chão e sua perna está flexionada em 80°”, resumiu a mãe.

Diante de todas as dificuldades enfrentadas por ele, como por exemplo: não poder jogar bola, não poder dançar a quadrilha no São João da escola, não poder correr livremente, é sua família busca tratamento para corrigir o problema da perna e fazer com que ele possa andar sem as muletas. “Esse ano tivemos a grata surpresa de, através do Facebook, conhecer um grupo de portadores dessa Síndrome, no qual a administradora do grupo, Jaala Dias nos acolheu e nos informou que havia uma garotinha com uma situação muito semelhante a de Leo e que havia sido submetida a uma cirurgia para alongamento da perna. Mantivemos contato para saber o nome do médico e o hospital em que ele atendia. Daí o próximo passo foi marcarmos a consulta. Esse médico, o Dr. Celso Cruz, que atende na AACD Ibirapuera, em São Paulo, examinou Leo e nos deu a feliz notícia que a cirurgia pode ser feita, e que Leo irá voltar a andar sem a necessidade do uso das muletas”, revelou sua mãe.

Como a cirurgia será realizada em São Paulo, haverá custos altos com deslocamento, hospedagem e honorários médicos. A previsão inicial é de pelo menos uns 3 meses em São Paulo, pois a 1ª cirurgia é para colocação de um fixador e logo depois, será realizada a 2ª cirurgia para remoção do mesmo. Provavelmente ele irá usar uma órtese durante a reabilitação para que reaprenda a andar usando a perninha esquerda.” Logo mais, com a graça de Deus, ele poderá usar suas duas perninhas para realizar todos os seus sonhos”, finalizou em tom de esperança a família do garoto.

Contribua!



Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve