quinta-feira, 18 de junho de 2015

Professor causa revolta em alunos ao incitar estupro no Facebook



Instituição declarou que "não se manifesta sobre comentários dos professores em ambientes particulares"Reprodução/Facebook
Um professor do departamento de Comunicação Social da UFV (Universidade Federal de Viçosa) tem sido alvo de críticas dos estudantes após uma publicação feita em seu perfil no Facebook.

Joaquim Sucena Lannes compartilhou uma notícia falsa sobre um suposto juiz que teria sido assaltado por um ladrão na porta do fórum logo após libertar o criminoso e comentou: "Bem feito. Tomara que futuramente este marginal entre na casa do juiz, estupre a mulher dele, a filha e outras mulheres da família dele".

Lannes ainda finalizou da seguinte forma: "Aí quem sabe ele posa ver quem merece ficar solto e quem merece ficar preso. Bem feito!". A postagem polêmica gerou revolta entre os universitários, que se reúnem para debater quais medidas vão tomar contra a postura do professor.
A falsa história foi gerada por um site reconhecido pela divulgação de notícias inventadas. Após a repercussão, o professor deletou os comentários.

A reportagem do portal R7 entrou em contato com a UFV. Por meio da assessoria de imprensa, a instituição declarou que "não se manifesta sobre comentários de professores, técnicos administrativos e estudantes em ambientes particulares, como perfis de redes sociais". Já a advogada de Lannes informou que está em reunião no local e só poderá se pronunciar no fim da tarde. O professor não foi localizado para falar sobre o caso.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve