sexta-feira, 17 de julho de 2015

Atentado suicida deixa pelo menos 9 mortos no Nigéria


Uma idosa e uma jovem protagonizaram um atentado suicida em uma praça pública lotada para orações muçulmanas no nordeste da Nigéria, nesta sexta-feira (17), em um aparente ataque do Boko Haram. A ação é realizada dias antes de uma visita do presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, aos Estados Unidos.

A jovem com roupas islâmicas entrou na praça na cidade de Damaturu, disse Aba Abdullahi, membro de uma milícia de autodefesa encarregada de proteger a área. Muçulmanos haviam se reunido no local para celebrar o fim do Ramadã, um mês sagrado de jejuns para os muçulmanos.

A garota estava acompanhada por uma mulher mais velha, também com vestimentas islâmicas, disse Abdullahi. Elas se explodiram com um pequeno intervalo de tempo, matando nove pessoas e ferindo pelo menos mais 18, segundo o coronel Sani Usman, porta-voz dos militares nigerianos. Não estava claro se as mulheres quiseram realmente se explodir ou se tiveram os explosivos atados à força pelo grupo terrorista.

Buhari viaja neste fim de semana para os EUA, naquela que é considerada sua viagem mais importante nos dois meses de presidência. Na segunda-feira (20), ele se encontra com o presidente dos EUA, Barack Obama, para pedir ajuda na luta contra o Boko Haram, que já matou milhares de nigerianos nos últimos seis anos e sequestrou outros milhares.

Mais de 23 mil pessoas já morreram na guerra entre o Boko Haram e o governo nigeriano. Em março, Buhari foi eleito com a promessa de derrotar o grupo, que sequestrou 276 alunas de uma escola nigeriana no ano passado. Ainda há 219 delas desaparecidas.


AE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve