segunda-feira, 6 de julho de 2015

Natal passará a regular exames de alta complexidade a partir de agosto


A partir de 1º de agosto a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal passará a ser responsável pela regulação dos exames de alta complexidade. Nesta segunda-feira (6), a SMS realizou reunião com os representantes das quatro policlínicas e os cinco distritos sanitários de Natal para discutir o assunto. Atualmente, esses requerimentos são solicitados por meio da Central de Regulação da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), mas, a partir do dia 1º de agosto, passarão a ser regulados pelo município.

“É o caso das ressonâncias, cintilografias, tomografias, densitometrias, cateterismos, que antes precisavam ser regulados pelo Estado e que, a partir de agosto, passarão a ser responsabilidade do município. Esses tipos de exames deverão ser pedidos nas quatro policlínicas existentes em Natal, além das cinco sedes dos distritos sanitários e na unidade de Pajuçara, porque o Distrito I, onde ela fica localizada, não possui policlínica”, explicou a secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde da SMS, Saudade Azevedo.

A secretária adjunta disse que a reunião também foi um momento importante para que os diretores das policlínicas e dos distritos pudessem tirar as dúvidas ainda existentes, porque já está certo que a partir de agosto esses locais passarão a receber as solicitações. O encontro serviu ainda para informá-los sobre o calendário do curso de capacitação dos profissionais que vão operar o sistema na Central de Regulação, e cujas aulas serão ministradas pela equipe da Central Metropolitana na próxima semana.

“A maioria já trabalha com o Sistema de Regulação (Sisreg) e a capacitação é mais no sentido do cuidado com a solicitação, a apuração e detalhamento da informação tratada, o registro dos exames anteriores feitos pelo paciente e suas conclusões. São vários detalhes que precisam estar pormenorizados, para que o usuário não seja prejudicado”, explicou Saudade Azevedo.

Para a secretária adjunta de Atenção à Saúde, a descentralização dos exames de alta complexidade vai beneficiar sobretudo os usuários, porque eles poderão procurar o Distrito Sanitário ou a policlínica mais próxima da residência dele.

“Começaremos com os pilotos nestas unidades e, dependendo das avaliações que serão feitas daqui a alguns meses, a regulação dos exames poderão ser estendidos também para as unidades de saúde. Mas isso só será estudado mais à frente”, afirmou



Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve