quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Após polêmica, personagem Africano sairá do ar no “Pânico”


Foto Reprodução
Devido à péssima repercussão do personagem Africano, interpretado por Eduardo Sterblich, o programa “Pânico” decidiu retirar o personagem do ar.

A informação foi confirmada pela assessoria do humorístico para o site Buzzfeed.

A atração ressaltou que em nenhum momento quis ofender os negros: “o quadro ‘Pânico’s Chef’ tem diversos outros personagens de diferentes etnias, japonês, nordestino, por exemplo, que preparam pratos típicos das regiões que moram. Nenhum deles foi criado para ofender”.

Após as críticas nas redes sociais e baixa aceitação do público, o personagem já não aparecerá mais a partir da próxima edição, no domingo (16).

Entenda o caso

Tudo começou por causa de um novo personagem do humorista Eduardo Sterblich, chamado de Africano. Ele é uma das estrelas da paródia do “MasterChef”, o “Pânico’s Chef”.

A sátira apareceu há algumas semanas, debochando da cultura africana, falando um linguajar estranho, sem qualquer compreensão do que se é dito, além de fazer uma dança bizarra, com músicas de estilo afro.

Fazendo sucesso com o público do “Pânico”, o Africano voltou ao palco do programa na noite do último domingo (09) para propor um desafio aos telespectadores: que façam uma dança mais estranha que a dele.

No entanto, a brincadeira não foi absolutamente bem vista. Muitas pessoas criticaram o “Pânico” por usar deste personagem, que debocha da cultura negra. Além das redes sociais, o personagem repercutiu em países africanos.

O jornal SeneWeb, por exemplo, chegou a questionar: “O Brasil é um país racista? Vejam como eles riem dos africanos!”.

UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve