domingo, 29 de novembro de 2015

Times da Série A acumulam 35 trocas de técnico em 2015. Apenas Tite “sobrevive”




Ser técnico na Série A do Campeonato Brasileiro não foi uma missão fácil em 2015. Ainda falta chegar dezembro, mas os 20 clubes da elite nacional já acumulam o impressionante número de 35 trocas de treinador este ano. Pode-se dizer que, em média, três foram dispensados por mês. A última vítima da guilhotina foi Oswaldo de Oliveira, que deixou o Flamengo no sábado – e já havia trabalhado do Palmeiras no primeiro semestre.

Destes 35, apenas três deixaram o emprego durante os Estaduais. Os outros 32 caíram a partir de maio, com o início do Brasileirão. Coincidência ou não, o único time da elite que manteve o técnico foi o Corinthians, hexacampeão nacional sob o comando de Tite.

O Atlético-MG também poderia se gabar da manutenção do mesmo técnico nesta temporada, mas entrou para as estatísticas ao confirmar a saída de Levir Culpi ao fim de seu contrato, em dezembro.

IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve