sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Servidores do ITEP emitem nota de esclarecimento sobre greve


Os servidores do Instituto Técnico-Científico de Polícia encerraram a greve nesta quinta-feira (17) e decidiram emitir uma nota de esclarecimento à população potiguar para explicar os motivos que levaram à paralisação. Confira abaixo a nota na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O SINPOL/RN vem a público esclarecer os reais motivos que levaram os servidores do ITEP a realizarem greve de 14 a 17 do corrente mês.

Há 9 anos os servidores do ITEP/RN decidiram lutar pelo Estatuto para a legalização e moralização do órgão, o que é imprescindível já que ao longo de décadas o ITEP tem sido alvo de todo tipo de politicagem e cabide eleitoral.

Com a minuta do Estatuto pronta desde 2013, o governador Robinson não cumpriu com a promessa de campanha de enviar o texto para a Assembleia Legislativa, pior, alterou a minuta trazendo graves prejuízos aos trabalhadores.

Além de não serem enquadrados e perderem os direitos já conquistados, mais de 90% dos servidores terão perdas reais quando se aposentarem, já que seus salários reduzirão em torno de 40 %.

A minuta defendida pelos trabalhadores e feita pelo Governo passado, diferente do que prega o Governo atual, não possui qualquer ilegalidade ou imoralidade, até porque enquadra os servidores do ITEP/RN com base em outras leis estaduais. Como é o caso das Leis Complementares 182/2000 e 425/2010 do Ministério Público, 431/2010 da Procuradoria Geral do Estado, 430/2010 da Controladoria Geral do Estado, 420/10 da Secretaria de Tributação do Estado.

Cumprindo a lei de greve e mantendo integralmente os serviços inadiáveis realizados pelo ITEP, na tarde ontem, os servidores foram mais uma vez surpreendidos com a ameaça do envio à Assembleia Legislativa do texto que prejudica mortalmente os servidores do ITEP.

Encurralados, os servidores do ITEP numa atitude de desespero, se deslocaram em massa para frente da Governadoria numa tentativa de sensibilizar o Governo a não enviar minuta, e assim prejudicar suas vidas e famílias, situação que ocasionou a paralisação momentânea de todos os serviços que estavam sendo mantidos.

Após horas de manifestação, o Governo resolveu ceder, suspendendo o envio da minuta e agendando reunião para o próximo dia 21/12 (segunda) com o Governador, fato esse que motivou a categoria a encerrar a greve do ITEP, tendo todos os serviços sido plenamente reestabelecidos a partir das 12h do dia 17/12.

A partir de agora, esperamos que o Governo assuma uma nova postura e pare de massacrar os servidores, ressaltamos que tal situação foi ocasionada exclusivamente pelo Governo Robinson.

O Sinpol e seus filiados cumprem a Lei de Greve! Lamentamos profundamente os fatos ocorridos nos últimos dias e pedimos desculpas à população do RN pelos transtornos ocorridos.

Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN – SINPOL/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve