quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Governo do RN realiza “Dia D” de combate ao Aedes aegypti, sábado, na zona Norte de Natal




O Governo do RN dá continuidade às ações de controle e extermínio do Aedes aegypti nos bairros da capital potiguar, e o próximo “Dia D” de Combate ao mosquito acontece neste sábado, 13 de fevereiro, no bairro Lagoa Azul, na Zona Norte. Na manhã desta quinta-feira (04), entidades reuniram-se no Gabinete Civil para discutir detalhes sobre a ação.

A data foi instituída pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Defesa e Integração Nacional, para que as Forças Armadas possam atuar em conjunto com as autoridades locais de cada estado no enfrentamento ao mosquito transmissor de doenças como a dengue, chikungunya, febre amarela e zyka.

Na ocasião, o Exército, Aeronáutica e a Marinha estarão desenvolvendo ações de conscientização em vários bairros de Natal, assim como nos municípios de Caicó e Parnamirim. Aqui no Rio Grande do Norte, cerca de 3 mil militares estarão envolvidos nessas atividades.

A reunião de hoje tinha como objetivo principal agregar voluntários de diversas entidades e da sociedade civil organizada para o Dia “D”, bem como, integrar todas as ações que serão realizadas. Já no dia 11 de fevereiro, as instituições envolvidas na mobilização definirão as diretrizes para o sábado, (13).

A Secretária-chefe do Gabinete Civil destacou que o encontro também tinha como foco “destacar a importância da conscientização de cada um, individualmente, no enfrentamento ao mosquito, porque não há, com essa realidade, reserva de atribuições; todas as pessoas são responsáveis”.

Estiveram presentes na reunião, o secretário estadual de Saúde, Ricardo Lagreca, o secretário de Saúde de Natal, Luiz Roberto Fonseca, representantes da Defesa Civil, Forças Armadas, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Escoteiros, Igrejas e Cruz Vermelha.

Coordenado pelo Gabinete Civil, por meio da Defesa Civil Estadual, o primeiro “Dia D”, realizado no Bairro Planalto, contou com cerca de 450 voluntários, distribui 12 mil panfletos e atingiu 6 mil residências, alertando a população sobre os riscos das doenças e as consequentes formas de combate para que o mosquito não se desenvolva.



Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve