segunda-feira, 30 de maio de 2016

Autor de ofensas racistas contra cantora Ludmilla é denunciado pelo Ministério Público


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou, nesta segunda-feira (30), Hélder dos Santos Santana por cometer injúrias racistas contra a cantora Ludmilla.

Ele poderá ser condenado a até três anos de prisão, além de pagamento de multa.

O Ministério Público também solicitou à Justiça que Santana seja proibido de se aproximar da cantora e de frequentar espetáculos em que ela se apresente.

As injúrias aconteceram no Instagram, no domingo (22), em algumas fotos publicadas pela cantora, que foi chamada de “criola nojenta”, “macaca” e “feiosa”.

Ludmilla respondeu ao comentário falando que iria “até o final” para ver seu agressor “pagar por isso”. Ela foi à delegacia na segunda-feira (23) prestar queixa.

“O denunciado ofendeu a dignidade da vítima, demonstrando desapreço e desrespeito, sendo certo que não foi esta a primeira vez que assim agiu”, disse o promotor Márcio Nobre.

De acordo com os promotores, Hélder já responde na Justiça por tentativa de homicídio.

Folha Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve