quarta-feira, 18 de maio de 2016

Google lança Android N, mais 'gamer' e com multitarefa e realidade virtual

Novo sistema de smartphones vai preferir por mostrar conteúdo em apps.



Sistema de multitarefas do novo Android N, do Google, permite dividir a tela em duas 
e abrir dois apps. (Foto: Divulgação/Google)

O Google apresentou nesta quarta-feira (18) seu novo sistema operacional, chamado de Android N, com recursos "gamer", que vai preferir exibir o conteúdo dentro de aplicativos e traz uma nova plataforma de realidade virtual.

Apesar de o Google já ter apresentado algumas novidades ao liberar prévias para desenvolvedores, o novo “cérebro” de smartphones e tablets possui boas novidades, como o suporte à realidade virtual, que cria um ecossistema completo para abrigar vídeos imersivos, em que os usuários podem interagir com as imagens como se estivesse dentro da cena.

Além disso, o novo sistema operacional ganhou um recurso multitarefa, que libera a abertura de mais de um app ao mesmo tempo, além de permiter responder mensagens de apps de bate-papo sem sair do painel de notificações.

O novo Android chega aos usuários entre junho e setembro deste ano, mas o Google já liberou uma prévia para desenvolvedores.

Realidade Virtual

O Android N terá um modo próprio para exibir conteúdos em realidade virtual. Para isso, o Google criou a Daydream, uma plataforma para melhorar os aplicativos que exibam vídeos com essa experiência imersiva, de modo que possam rodar em smartphones sem problemas.

O Daydream também funciona como um ecossistema em que os usuários podem encontrar conteúdo de outras empresas, próprios para serem consumidos em realidade virtual. Funciona assim: por meio de um óculos, o indivíduo acessa o “mundo” de Daydream, onde encontra vídeos e outros conteúdos que podem ser vistos como se estivesse dentro da cena.

Quando acessar o Google Street View dentro do Daydream, por exemplo, os usuários poderão olhar para os lados a fim de expandir o campo de visão.

O Google anunciou que já aderiram a essa plataforma “Wall Street Journal”, “New York Times”, “USA Today”, CNN, HBO, Netflix, NBA, Hulu, Electronic Arts e Ubisoft. Do lado dos fabricantes de celulares, já se tornaram parceiros Samsung, HTC, LG, Huawei, ZTE, Asus, Alcatel e Xiaomi.

Android Instant Apps

Outra novidade não revelada antes é o Android Instant Apps, que vai abrir conteúdos de serviços conectados dentro dos aplicativos próprios, mesmo não estejam instalados no smartphones.

Por exemplo: alguém usa um app de mensagem para envia o link de um vídeo do “Buzzfeed”; ao clicar na URL, o usuário é direcionado pelo Android para a área do app do “Buzzfeed” na Google Play, que exibe o vídeo ali mesmo.

A mudança é simples, mas, com ela, o Google passa a preferir que os conteúdos sejam exibidos dentro de aplicativos a que sejam mostrados em páginas na internet.

Multijanelas e multitarefas

A função de multi-janelas permite abrir dois aplicativos simultaneamente em uma única tela de smartphone ou tablet. Além de usar os dois programas ao mesmo tempo, é possível redefinir o tamanho de cada lado. Alguns smartphones da Samsung, que versões modificadas do Android, já apresentam essa função.

Notificações

O Android N traz melhorias na aba de notificações. Ao receber um aviso de mensagem do WhatsApp, por exemplo, os usuários poderão respondê-la diretamente por lá, sem precisar abrir o aplicativo.

O painel de notificações também foi repaginado. Os avisos de um mesmo aplicativo serão agrupados em uma linha e só serão exibidos um a um quando o usuário passar o dedo pela seleção e deslizá-la para baixo.

Bateria e dados

O novo Android ganha ainda melhorias no Doze, o recurso que identifica quando o smartphone não está sendo usado para economizar bateria. Até agora, o Doze funcionava só quando o aparelho estava em repouso, mas começará a funcionar todas as vezes em que a tela apagar. Outra nova função ajudará a poupar o consumo de dados

Atalhos
Outra novidade é a chegada aos smartphones de uma ferramenta comum em computadores de mesa e notebooks. Os usuários poderão criar atalhos na tela inicial que levem a funções específicas de dentro dos aplicativos. Para exemplificar, o Google deu alguns exemplos da novidade na prática: enviar uma mensagem para um contato frequente; acessar o mapa de um determinado local ou; assistir ao próximo episódio de um serviço conectado. Tudo isso sem ter de navegar por todo aplicativo.

Novos emojis
Os emojis terão a parte gráfica alterada. As imagens animadas serão modificadas para se tornar menos genéricas e ter “aparência mais humana”. Além disso, as variações de tons de peles valerão para todos os emojis que representem humanos, como as representações de policial e garçom – antes, valiam apenas para os emojis de carinhas. Também haverá novas inclusão, como ícones de selfie, malabarismo, acrobacia e bacon.

Games
A boa notícia para quem gosta de jogar games no celular é que o Android N terá integração com a plataforma Vulkan API. Esse conjunto de ferramentas para gráficos 3D permite aos desenvolvedores de jogos controlar melhor como o processamento de imagens ocorre em smartphones e tablets. Com isso, o desempenho melhora, e os games engasgam menos. Esse recurso já é usado por alguns celulares que rodam Android, como Galaxy S7 e S7 edge, da Samsung.



Do G1, em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve