quarta-feira, 8 de junho de 2016

Mulher do Cabo Rangel é presa acusada de ser autora intelectual do crime


A mulher do cabo PM Rangel, assassinado em abril deste ano, em Caicó, Rita de Cássia Rangel, foi presa na noite desta quarta-feira (08), apontada pela Polícia Civil como a autora intelectual da morte do policial.

A mulher estava sendo interrogada nas dependências da Delegacia quando recebeu voz de prisão. A Polícia já tinha solicitado um mandado de prisão temporária, mas foi decretada a prisão preventiva.

O cabo Edinaldo da Costa Rangel, de 48 anos, morreu ao ser baleado no peito e no pescoço. O crime aconteceu no bairro Alto da Boa Vista, em Caicó, cidade da região Seridó potiguar. De acordo com a PM, o cabo estava dentro de um carro quando dois homens se aproximaram em uma moto e atiraram.

A informação é do Blog Sidney Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve