sábado, 18 de junho de 2016

Presos tiram fotos dentro de presídio em Roraima e postam no Facebook



Detento postou foto dentro de 'piscina' (Foto: Reprodução/Facebook/Marcelo Silva)


Detentos da Penitenciária Agrícola usam celular para acessar rede social.
Em postagens, presos trocam mensagens com as esposas e familiares.


Presos que cumprem pena na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista, usam nomes falsos no Facebook e fazem da rede social uma plataforma de comunicação para manterem contato com esposas e familiares, fazer selfies e até 'desabafos virtuais'. Policiais que atuam na unidade informaram ao G1 que o uso de smartphones por detentos é 'comum'.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação do governo sobre o acesso de presos a celulares e aguarda resposta.

Apesar de usarem nomes falsos, os detentos postam fotos de dentro do presídio. A ideia, conforme policiais, seria despistar possíveis monitoramentos de segurança.

Em um dos casos, o disfarce do detento Herik Douglas Alencar, cadastrado na rede social como 'Marcelo Silva', acabou sendo descoberto após uma declaração da esposa. Ele, que é condenado por roubo, respondeu à mulher e ainda pediu um número de telefone para entrar em contato com ela.


Mulher 'entregou' nome do detento em post na rede social (Foto: Reprodução/Facebook)

“(...) eu amo muito meu futuro esposo Herik Douglas Alencar meu amor que amor muito ...amor de mais ...meu amor te amor de mais .minha vida .meu amor minha vida te amo ..te amarei eternamente ...vida sou eu(...)”. Douglas Alencar tem dois perfis no Facebook com nomes diferentes e em uma das fotos compartilhadas ele aparece dentro uma piscina improvisada.

As atualizações dos usuários de dentro do presídio seguem diariamente. O detento Max Robert Matos, o 'Dentinho' usa na rede social o nome 'Maxzynhoh Dentynhoh'. Ele responde por tráfico e associação criminosa.


Perfil mostra que preso atualizou rede social na terça
(Foto: Reprodução/Facebook/Maxzynhoh Dentynhoh)

No perfil, 'Dentinho' publica várias selfies tiradas de dentro da maior unidade prisional do estado. A última atualização teria ocorrido no último dia 13 de junho.

Ele também mantém dois perfis falsos. Em um deles, a publicação de uma foto da mulher no destaque da rede social recebe vários comentários de felicitações, com direito a emojis.

Além disso, a mudança de estado civil também é motivo de comentários de amigos. “Que sejam felizes”, escreve um amiga em comum do casal.

De acordo com um policial militar, que atua dentro da penitenciária, são dezenas de presos que possuem celulares com acesso a internet, redes sociais e aplicativos de trocas de mensagens.

“Não temos um número de quantidade de detentos que acessam ao Facebook para trocar mensagens. Mas sabemos que são muitos que têm aparelho com internet”, confidencia o militar.

Em setembro do ano passado, a polícia encontrou selfies de detentos da penitenciária em celulares apreendidos na unidade. Os detentos Naldo Conceição Conceição, Wax Nunes, e Oliveira Correia contemplam a lista de usuários de presos que nagevam na rede social.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve