segunda-feira, 27 de junho de 2016

‘Thomas Turbando’ paga conta de Cardozo em restaurante de Brasília





Os dois ex-ministros da Advocacia-Geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo e Luís Inácio Adams, foram alvo de uma brincadeira quando almoçavam nesta segunda-feira, em Brasília. Um advogado que fazia a refeição na mesa ao lado dos dois pagou a conta deles e atribuiu a gentileza ao jurista “Thomas Turbando”.

“Cardozo, uma cortesia do ilustre jurista Thomás Turbando”, escreveu na nota do pagamento o advogado Eduardo Moreth Loquez. No momento em que pagou a conta, ele não se identificou, mas postou, posteriormente, foto da brincadeira em suas redes sociais.

Em sessão da comissão de impeachment, Cardozo fez uma exposição sobre renomados juristas contrários ao processo envolvendo Dilma. No entanto, ao citar o nome do professor de direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG),

Thomas Bustamante incluiu também o sobrenome “Turbando”, que terminou gerando uma cacofonia: “Thomas Turbando”.
Em conversa com o Estado de Minas no dia seguinte ao fato, Bustamente disse que “foi uma honra” ter seu nome citado entre tantos renomados juristas. Disse também que a gafe de Cardozo fez com que a caixa de e-mails dele “ficasse lotada”.



EM.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve