segunda-feira, 18 de julho de 2016

Demanda por voos domésticos da Gol cai mais que a oferta em junho


A demanda de passageiros por assentos em voos domésticos da Gol caiu em ritmo mais forte do que a redução da oferta, afirmou a companhia aérea nesta segunda-feira (18).

Segundo comunicado, a oferta doméstica da companhia recuou 5,2% em junho ante o mesmo período do ano passado. No segundo trimestre, o recuo foi de 8,9%, também na comparação anual.

A demanda de passageiros por assentos em voos da companhia no país foi 6,6% menor no mês passado, levando a taxa de ocupação para 76,1%.

Já de abril a junho, a demanda caiu 11,2% e a taxa de ocupação foi de 76%, apresentando uma redução de 2 pontos percentuais.

No mercado internacional em junho, a capacidade e a demanda reduziram 10,9% e 11,6%, respectivamente, levando a taxa de ocupação para 66,3% -o que representa uma queda de 0,6 p.p.

No trimestre, a capacidade e a demanda neste mesmo mercado registraram retração de 12,2% e 10,6%, respectivamente, resultando em uma taxa de ocupação de 69,3% -aumento de 1,2 p.p


O volume de decolagens dos aviões da Gol reduziu 19,7% e 21,0% no mês e no trimestre, respectivamente. O total de assentos disponibilizados ao mercado recuou 19,2% em junho e 20,8% no segundo trimestre deste ano.

Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve