segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Comércio e setor de serviços registram aumento no consumo de energia em agosto





Os setores de comércio (+34%), serviços (+28,3%), saneamento (+23,6%) e alimentos (+21,2%) registraram aumento no consumo de energia em agosto. O aumento da carga é consequência da migração para o mercado livre – ferramenta criada por FHC que permite ao contratante negociar diretamente com a fornecedora de energia seus contratos, previamente estabelecendo duração e valores.

Ao contrário do que se imagina, o aumento do consumo elétrico do setor não representa, necessariamente, uma economia mais aquecida, visto que o resultado foi dado pela migração do mercado cativo. Além disso, também não trará impactos ao pequeno consumidor, já que está é uma negociação entre indústrias.

No mesmo período, a geração eólica e hidráulica produziram, respectivamente, 19,4% e 5,4% a mais. O levantamento é da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica.





Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve