quarta-feira, 31 de agosto de 2016

iPhones roubados poderão tirar foto do ladrão e capturar impressões digitais no futuro


Depois de lançar o desbloqueio de tela o Touch ID, agora uma nova patente sugere que a Apple pode ir muito além. O novo mecanismo armazenaria, através da leitura da impressão digital, os dados biométricos de invasores e ladrões, segundo o site Patently Apple.

Segundo informações do portal, o futuro aparelho oferecerá um sistema de identificação biométrica mais seguro que poderá ser acionado nas configurações do smartphone. Quando o celular identificar uma digital não autorizada, armazenaria os dados e ainda poderia capturar imagens do provável invasor.

A partir disso os dados ficam salvos no dispositivo e seria possível acessá-los e identificá-los em investigações – junto com as fotografias. Assim, os aparelhos serviriam como prova depois de um roubo. Vale lembrar que o sistema de localização também passará por melhoras, de acordo com o site 9to5mac.com.

Ainda não se sabe quando a Apple vai colocar as novidades em prática.

Infomoney

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve