quarta-feira, 2 de novembro de 2016

À TV, Maradona diz “temer” Argentina fora da Copa de 2018




Em entrevista à Fox Sports argentina, o eterno camisa dez da Albiceleste afirmou que não vê o time atuando da forma que o técnico Edgardo Bauza, com jogou com a camisa da seleção, deseja e isto poderia complicar as chances do país de se classificar à Copa de 2018.

“Estou preocupado em não ir ao Mundial. Desejo sorte a Patón, mas a Argentina não está jogando do jeito que ele quer. Falta muito ainda, mas temos que vencer as partidas. Estou com medo”, declarou Maradona.

A Associação de Futebol da Argentina e até o Barcelona não escaparam da língua afiada do ídolo argentino, que criticou a situação do futebol local e vê que até as seleções de base podem acabar sofrendo no futuro com os problemas políticos.

“Não temos ninguém na Fifa que nos defenda e não temos representantes por lá e nem na Conmebol. Como não poderei ficar preocupado com o que está acontecendo na AFA, colocaram um ‘qualquer’ lá. Não só podemos ficar fora da Copa da Rússia, mas também de todos os outros Mundiais, como o Sub-20, Sub-17… Estão bricando com uma paixão de milhões, que não tem nada a ver com dirigentes que só reclamam”, afirmou.

“Somos grandes demais para que o Barcelona diga ao Messi que ele está lesionado e não possamos mandar nosso próprio médico. Antigamente, nos cuidávamos mais para jogar na Seleção do que nos clubes”, completou Maradona.

O próximo desafio da Argentina nas Eliminatórias será contra o líder da competição, o Brasil, no dia 10, em Belo Horizonte.



Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve