terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Atualização do Windows deixou computadores sem internet






A Microsoft lançou uma atualização do Windows 10 para corrigir um problema causado por outra atualização do Windows 10. Segundo uma admissão da própria Microsoft nas observações técnicas da mudança, foi solucionado um problema que "podia travar o Serviço de Plataforma de Dispositivos Conectados, que em algumas situações podia impedir a máquina de adquirir um endereço IP".
A nova atualização foi identificada como KB3201845. O download direto dela no Microsoft Update Catalog tem 947 MB para a versão de sistemas x64. O tamanho se deve ao fato que a Microsoft agora junta diversas atualizações diferentes em um mesmo pacote de instalação.

No fórum de suporte da comunidade do Windows 10, um moderador orientou usuários a reiniciar o computador caso tivessem dificuldades para conectar à internet e para instalarem a nova atualização, lançada na terça-feira.

Problemas com atualizações
Oficialmente, não há meio de desativar as atualizações automáticas no Windows 10, ao contrário das versões anteriores do Windows. Essa medida foi tomada para garantir que usuários sempre tenham a versão mais atual e segura do sistema, uma recomendação constante de especialistas e também desta coluna Segurança Digital.

O Windows 10, porém, instala atualizações em pacotes: se uma das atualizações estiver com problema, é preciso desinstalar o pacote inteiro. Nas versões anteriores do Windows, as atualizações podiam ser instaladas e desinstaladas individualmente. Com isso, ficou mais difícil detectar e isolar problemas causados por atualizações.

Em 2014, segundo a jornalista Mary Jo Foley, especializada em Microsoft, a empresa demitiu milhares de funcionários, entre os quais os engenheiros de teste do Windows. O teste de produto e a checagem de qualidade ficaram a cargo de gestores de projeto, dos próprios desenvolvedores e do programa "Windows Insider", no qual usuários voluntários recebem atualizações ainda em desenvolvimento para ajudarem a encontrar problemas.

Além desta falha que tirou alguns usuários da internet, o atual arranjo de testes da Microsoft já deixou passar vários outros erros de gravidade considerável. Na "Atualização de Aniversário", por exemplo, uma mudança no Windows deixou várias webcams inoperantes em certas situações.

Também veio a público recentemente que as atualizações do Windows 10 permitem burlar o BitLocker -- o recurso de segurança que protege os dados armazenados no computador. Como o sistema precisa desbloquear o volume de armazenamento automaticamente durante as atualizações, é possível se aproveitar de um breve período para usar o comando "SHIFT + F10" para ter o controle total do sistema durante a instalação das atualizações. Quem realmente se preocupa com a segurança dos dados, portanto, não pode se afastar da máquina durante a instalação de atualizações.

(Foto: Mario Alberto Magallanes Trejo/Freeimages.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve