quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Usuários reclamam de preços abusivos na tarifa dinâmica do Uber



Após a polêmica sobre deixar de exibir valores da tarifa, o Uber está sendo alvo de críticas mais uma vez. Internautas estão reclamando de preços abusivos e falta de clareza sobre os fatores multiplicadores da tarifa dinâmica — que aumenta o preço da viagem quando a procura está alta numa determinada área e há poucos carros nela. Agora, o usuário consegue novamente ver que o preço está mais alto ou muito mais alto que o normal, mas quando chega ao destino, o valor é muito maior que o previsto, conforme relatos nas redes sociais.

— Um serviço que deveria ser uma opção para o passageiro, com transporte mais confortável a preços justos degringolou totalmente. A decisão de não mostrar o multiplicador de preço da tarifa na hora do pedido da corrida (preço dinâmico) tem extorquido dinheiro dos passageiros. Minha filha foi cobrada em R$ 121 numa corrida do Cosme Velho ao Humaitá, quando no momento do pedido, o aplicativo indicava que o preço máximo seria de R$ 19. Quando cobrada, a administradora do serviço alegou que no momento do pedido o multiplicador era de 3,8 — relatou.

Outra internauta disse ter pago um preço abusivo numa corrida curta na Barra da Tijuca:

— Paguei R$ 62 do Downtown até a minha casa: são 2 quilômetros.


Usuários reclamam de preços abusivos na tarifa dinâmica – Reprodução do Facebook

Uma outra pessoa afirmou ter pago mais que o triplo do valor estipulado pela tarifa dinâmica por uma corrida: — Paguei R$190 numa corrida de R$ 52, quase infartei — disse a usuária.

— Está lá escrito que o valor está dinâmico, só não aparece o fator multiplicador — citou outra pessoa.

O Uber diz que o preço dinâmico é “aplicado quando a demanda por viagens aumenta, para incentivar que mais motoristas se conectem ao aplicativo e assim os usuários tenham um carro sempre que precisar. Quando a oferta sobe, os preços rapidamente voltam ao normal”.

A empresa disse ainda que está sempre buscando maneiras de melhorar a experiência das pessoas com a Uber e isso inclui aprimorar e modificar o aplicativo para fazer com que ele fique o mais simples e objetivo possível para os usuários.

“Sempre procuramos informar os usuários do Rio de Janeiro sobre os preços de suas viagens com antecedência, inclusive quando o preço dinâmico está vigente. No caso de cidades em que está disponível o preço pré-definido, os usuários sabem antecipadamente qual será o preço exato das suas viagens. Nestes os casos, o usuário é informado de que está pagando um valor mais alto”, afirma trecho da nota.

Os internautas também divulgaram nas redes sociais supostas conversas entre motoristas da empresa, em que eles afirmam desligar o aplicativo numa determinada área que há poucos carros para aumentar a procura e, com isso, subir o preço.

— Hoje li um post em que estavam supostas mensagens de “uberistas“ se regozijando do tal multiplicador e da cara de otário dos passageiros ao saberem do valor final. Algumas dessas mensagens falavam até de um golpe para subir a tarifa: deixar os celulares desligados o maior tempo possível para que a oferta seja bem menor que a demanda — comentou um dos internautas.

A empresa negou que exista essa prática e afirmou que os motoristas não têm como burlar o aplicativo.

O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve