sábado, 10 de dezembro de 2016

Vera Fischer: “Sei me tratar sozinha sexualmente”

Foto: Reprodução
Segura de si e feliz aos 65 anos, atriz Vera Fischer comemora em 2017 quatro décadas de TV Globo, enquanto viaja pelo país com a comédia Ela É O Cara! – que chega a São Paulo em janeiro. Sem censura, ela fala sobre a pressão para estar sempre bela, afirma que passou anos sem sexo e assume que usou drogas. Mãe de Rafaela, de 37, do casamento com Perry Salles, e de Gabriel, de 23, da união com Felipe Camargo, a atriz ainda revela que está namorando: “Meus filhos nem sabem.”

Em algum momento de sua vida você sentiu o peso da idade?
Depois da minha última novela na Globo (Salve Jorge, em 2012), que não foi bem, fui fazer teatro. Eu estava com 62 anos. Nada dava certo, patrocínios não saíam… Comecei a engordar pela amargura mesmo, de ninguém me chamar para trabalhar. Era uma coisa alimentando a outra, você vai ficando mal.

O que aconteceu?
Procurei um psiquiatra porque não conseguia mais dormir. Sabe quando você deita na cama e todos os problemas do mundo vêm à cabeça? Ele me dava remédios, e eu queria subir pela parede. Uma ansiedade maluca, muito remédio errado. Uma das bulas dizia que era medicação para esquizofrenia.

Como melhorou?
Fui a outro psiquiatra. Ele me deu um remedinho para dormir, outro para acordar, que inclusive já cortei. Tudo melhorou. Dei uma renovada, estou contente com o que faço, meus filhos estão sentindo a diferença. Estou até namorando.

Quem?
Ainda está cedo para falar. Ele não é do meio artístico. E meus filhos nem sabem que estou namorando! Estava sozinha desde que namorei (o diretor) Marcos Paulo (em 2005). Sem ninguém para namorar ou para transar…

Ficou todo esse tempo sem sexo?
Fiquei. Ninguém me interessou. Mas eu sei me tratar sozinha sexualmente. Quando eu era mais jovem, me sentia mais preocupada em dar do que receber. Agora, não. Está de igual para igual.





QUEM


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve