terça-feira, 5 de setembro de 2017

Traficante acusado da morte de policial da Core é preso em Serra de São Bento


Serra de São Bento/RN


Disque-Denúncia repassou informações de que Mãozinha estava escondido no Rio Grande do Norte.




RIO - O traficante Carlos André da Conceição, o Mãozinha, considerado um dos chefes do tráfico no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, e acusado da morte do policial civil Bruno Guimarães Buhler, o Bruno Xingu, policiais da 41ª DP (Tanque) prenderam o traficante no Rio Grande do Norte. A ação aconteceu na madrugada desta terça-feira em Serra de São Bento, cidade localizada a cerca de 140 km da capital Natal.


Segundo a polícia, na semana passada, após terem recebido a informação do Disque-Denúncia de que o bandido teria se escondido no Nordeste, os agentes viajaram para o Rio Grande do Norte, onde, após monitoramento, conseguiram localizar o bandido escondido dentro de uma casa.


De acordo com a delegada responsável pela sua prisão, Carlos André da Conceição também é acusado de ter participado do assassinato de um policial militar em 2015.


Após a morte do policial Bruno Xingu, lotado na Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), o Disque-Denúncia, através do Portal dos Procurados, lançou um cartaz com recompensa de R$ 50 mil por informações que levassem a polícia à prisão dele e de outros três suspeitos.


Fonte: https://oglobo.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve