sexta-feira, 15 de março de 2019

Artigo publicado em Harvard lista 11 dicas que podem ajudar a melhorar o sexo; especialistas destacam que truques são infalíveis





Fotos: shutterstock

O corpo sofre uma série de transformações físicas com a idade que acabam influenciando na sexualidade. Os níveis hormonais caem e há alterações no funcionamento neurológico e circulatório, cenário que pode levar a problemas sexuais, como a disfunção erétil ou a dor vaginal. Tudo isso contribui para relações sexuais menos prazerosas. Diante disso, como melhorar o sexo?

Um artigo publicado na revista de saúde da Universidade de Harvard, dos Estados Unidos, vem para responder a questão. Os especialistas fizeram uma lista com 11 dicas que podem ajudar a melhorar o sexo . Adotando os truques, a vida sexual pode ser muito mais prazerosa.

Como melhorar o sexo?


Veja as 11 dicas de Harvard de como melhorar o sexo:


1. Eduque-se


Tem alguma questão sobre sexo? Pesquise! Há uma série de bons materiais de autoajuda disponíveis sobre todo o tipo de questão sexual. Navegue na internet, faça algumas pesquisas para que você e a pessoa com que se relaciona se informem melhor sobre as questões.

Se você quer abordar alguma questão com o outro, mas não sabe como, a ideia é destacar alguns trechos da pesquisa e mostrar, perguntando sutilmente “o que você acha disso?”.

2. Dê tempo a si mesmo


Quando o corpo envelhece, as respostas sexuais começam a diminuir. Para melhorar isso, os especialistas indicam ao casal buscar um ambiente tranquilo, confortável e sem interrupções para o sexo.

Além disso, é preciso entender que com as mudanças físicas do seu corpo significa que será preciso mais tempo para se excitar e chegar ao orgasmo. Dê tempo ao seu corpo e compreenda essas mudanças físicas. Adaptar-se à elas pode ser uma boa forma de melhorar as relações.

3. Use lubrificante


O ressecamento vaginal costuma chegar junto com a menopausa. Porém, o problema é bem fácil de resolver, basta usar lubrificante artificial.

O produto vai deixar a penetração mais confortável e facilitar o sexo. Há uma infinidade de produtos, o que também pode deixar a relação mais divertida.

4. Mantenha o contato físico


Com o passar do tempo, é comum o contato físico do casal esfriar e os beijos e amassos não serem mais tão frequentes. No entanto, isso também é prejudicial para o sexo. Os especialistas de Harvard sugerem fazer o possível para se envolver, beijar e abraçar para manter um vínculo emocional e físico com a pessoa.

5. Pratique o toque


Explore as zonas erógenas do corpo da pessoa com quem você se relaciona. As zonas erógenas são regiões do corpo com várias terminações nervosas, por isso, são mais sensíveis ao toque e causam prazer quanto tocadas, como, por exemplo, a parte interna da coxa e os seios.

A dica é guiar o outro por essas regiões e mostrar onde você gosta de ser tocada.

6. Aposte em diferentes posições sexuais


Tentar posições sexuais diferentes não apenas deixa o sexo mais divertido, como também pode ajudar a dar mais prazer para a mulher.

De acordo com os especialistas, se você quer mais estimulação no ponto G, por exemplo, o ideal é o homem penetrar a parceira por trás. Dessa forma, o toque será mais profundo e atingirá a região mais facilmente.

7. Coloque as fantasias sexuais em prática


A dica é começar anotando suas possíveis fantasias sexuais e atividades que deseja colocar em prática com o parceiro. Tente pensar em uma experiência ou em um filme que tenha despertado em você o desejo sexual e compartilhe essa memória com o outro. Segundo os especialistas, esse exercício é bastante útil para pessoas com pouca libido. Depois, coloquem em prática.

8. Faça exercícios de Kegel

Exercícios de Kegal são movimentos que fortalecem o assoalho pélvico e melhoram o desempenho sexual. Os especialistas explicam que tanto homens quanto mulheres podem fazer os exercícios.

Para praticar, você deve contrair o músculo como se estivesse tentando segurar a urina no meio do processo. Segure a contração por dois três segundos e solte. Repita o exercício por dez vezes. O ideal é fazer cinco séries por dia.

O bom desses exercícios é que eles podem ser feitos em qualquer lugar, seja dirigindo, sentada na mesa do trabalho ou em pé na fila do banco.

Com o assoalho pélvico fortalecido, as mulheres conseguem sentir mais prazer na relação e chegar ao orgasmo mais facilmente.

9. Relaxe


A dica é relaxar antes do sexo . Faça algo tranquilo e que te deixe confortável antes de partir para a relação sexual. O casal pode sair para jantar e tomar um bom vinho, fazer joguinhos eróticos ou até assistir um filme romântico para se preparar para a cama. Além disso, os especialistas indicam técnicas de relaxamento, como exercícios de respiração ou yoga.

10. Use brinquedos sexuais


Brinquedos sexuais, como vibradores, são ótimas ferramentas para conhecer o próprio corpo e entender seus pontos de fazer. Não tenha medo de comprar um vibrador e conhecer o próprio corpo, ele vai te ajudar a chegar lá mais facilmente.

11. Não desista


Você colocou todas as dicas anteriores em prática e ainda não foi o suficiente para melhorar o sexo ? Não desista. Busque ajuda com ginecologistas, sexólogas e terapeutas sexuais. Essas são profissionais preparadas para lidar com as questões sexuais da melhor forma e te ajudarão a encontrar outras saídas para lidar com o problema.

IG