terça-feira, 9 de abril de 2019

iPhone com Internet 5G pode chegar só em 2021, diz analista


Dificuldade em encontrar fornecedor de modem 5G pode atrasar iPhone 5G para 2021

O iPhone só deve vir com Internet 5G em 2021, segundo a aposta do analista de mercado Timothy Arcuri, do banco de investimentos UBS. Além do histórico, que mostra que a Apple costuma esperar um pouco para aderir às novas gerações de redes móveis, o especialista identifica problemas na oferta de modens 5G. Por conta disso, os celulares da empresa não devem ter hardware compatível com as redes de quinta geração em 2019 e 2020. Do outro lado, rivais de peso no mercado, como Samsung, Huawei e Motorola, já revelaram modelos 5G ou se preparam para lançá-los em breve.

O principal problema que a Apple precisa contornar para lançar um iPhone 5G é o acesso a um modem compatível com a nova geração de Internet móvel. De acordo com o especialista, isso se torna difícil porque a maçã atualmente está envolvida em um enorme processo com a Qualcomm, principal fornecedora desse hardware para os smartphones Android.



iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR: conheça os celulares da Apple

Embora a Apple tenha manifestado oficialmente interesse no produto da Qualcomm, a gigante dos semicondutores tem se recusado a negociar até que as batalhas nos tribunais sejam resolvidas. Por conta disso, a fabricante do iPhone tem usado a tecnologia da Intel em seus celulares mais recentes e, segundo rumores, conta apenas com esse fornecedor para lançar um iPhone 5G ainda em 2020.

O problema é que, segundo o analista, a Intel não tem capacidade de produzir para 2020 um modem 5G, compatível com as redes mmWave (característica exclusiva do 5G e que promete grandes ganhos de performance para redes desse padrão). Do outro lado, em fevereiro, a executiva responsável pela área de tecnologia de redes da Intel, Sandra Rivera, declarou à agência Reuters que celulares com modem 5G da empresa devem estar prontos para o mercado em 2020.



Dificuldade da Intel em desenvolver modem 5G pode atrapalhar lançamento do iPhone — Foto: Divulgação/Intel

Para Timothy Arcuri, a estreia do 5G nos iPhones apenas em 2021 poderia ser prejudicial à Apple, especialmente se a tecnologia se popularizar de fato. O analista também levantou outros possíveis fornecedores, mas, para ele, a MediaTek não possui componentes que atendam às necessidades técnicas da maçã em termos de performance. Já a Samsung seria um parceiro que a companhia deve evitar por ser uma concorrente direta no mercado. Apesar disso, de acordo com o site 9to5mac, a resistência em usar 5G da rival sul-coreana parece difícil de justificar, uma vez que a Apple não tem problema em encomendar telas OLED para os iPhone diretamente da Samsung.


Via 9to5Mac, Bloomberg, Macrumors, Apple Insider (1 e 2)