quarta-feira, 29 de maio de 2019

Projeto Sopão Missionário RN #EP01

Confira no Vídeo a primeira distribuição 25/05/2019. Na Comunidade de Lajinha - Distrito de Ielmo Marinho RN. Mais de 100 Pessoas foram atendidas com a distribuição do Sopão Missionário, ainda mas a entrega de Roupas, Calçados, Brinquedos e Principalmente A PALAVRA DE DEUS aos Corações.

"Obrigado por todos que ajudaram e estão ajudando este projeto de Deus"

Jefferson Leandro - Gerente do Projeto Missionário RN.

Projeto Sopão Missionário RN #EP02

Participação no Programa Café com Notícia Na 98 FM


Bolsonaro aguarda estudos técnicos para decidir sobre franquia bagagem




Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro vai analisar estudos de órgãos vinculados ao governo para decidir se mantém o despacho gratuito de bagagens em voos domésticos, informou hoje (29) o Palácio do Planalto. A volta da franquia de bagagem foi aprovada na semana passada pelo Congresso Nacional, na análise da Medida Provisória (MP) 863/2018, que permite 100% de participação de capital estrangeiro em empresas aéreas que atuam no Brasil. O texto agora precisa ser sancionado pelo presidente da República para entrar em vigor.

Na última quinta-feira (23), durante um café da manhã com jornalistas, o presidente chegou a dizer que estaria inclinado a manter a gratuidade no despacho de bagagem. Hoje, perguntado se o presidente já teria se decidido por não vetar o despacho gratuito de bagagem, o porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros, disse que uma definição sobre o assunto é “prematura” e que o presidente ainda não se debruçou sobre os estudos técnicos do governo.

“O presidente, ele esboça opiniões, mas, ao decidir, vale-se de estudos profundos e técnicos realizados pela equipes e pelos órgãos responsáveis por cada um deles. Esse é mais um tema que o presidente valer-se-á desses estudos para tomar sua decisão final, de forma que, agora, neste momento, é prematuro estarmos a discutir isso, porque o presidente não se debruçou para confirmar ou não o que nós estamos tratando”, afirmou. O prazo para sanção termina em 17 de junho.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) informou, no mês passado, que a volta da franquia de bagagens pode afetar os investimentos no mercado aéreo e prejudicar a concorrência no setor. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também quer que o veto ao despacho de bagagem seja confirmado. No mês passado, o órgão disse que a volta da franquia mínima de bagagem poderia afastar novas empresas e investidores interessados no setor aéreo do país.

Já entidades de defesa do consumidor, como o Idec, são favoráveis à manutenção da gratuidade de bagagem nos voos nacionais. “O Idec entende como positiva a mudança aprovada no Congresso, já que a prometida diminuição no preços das passagens aéreas com o fim da franquia de bagagens não se concretizou”, disse em nota.

Agência Brasil

Gol inicia embarque por meio de reconhecimento facial



Foto: G1

A Gol começou a testar nesta quarta (29), no aeroporto do Galeão, seu sistema de embarque com reconhecimento facial.

O objetivo é agilizar a entrada dos passageiros no avião, já que não é preciso apresentar cartão de embarque. É a primeira vez que a tecnologia é usada por uma empresa aérea no país.

Para autorizar o embarque, um equipamento com tela e câmera frontal lê 1.024 pontos da face em cerca de dois segundos.

A Gol vai testar o sistema por 15 dias, segundo José Luiz Belixior Júnior, diretor de aeroportos da empresa. Não há previsão de quando ou em quais aeroportos o serviço estará disponível de forma regular.

De acordo com o diretor de TI da empresa, Paulo Palaia, a taxa de acerto do sistema é de 98%.

O embarque via reconhecimento facial já foi testado em ao menos 17 aeroportos nos Estados Unidos, no Uruguai e em terminais na Holanda, na Inglaterra e na Austrália.

Apresentação do trabalho na Barbearia #BLR

terça-feira, 28 de maio de 2019

Caixa divulga campanha de renegociação de dívidas; descontos para créditos comerciais em atraso podem chegar a 90%



A CAIXA lança nesta terça-feira (28) campanha para renegociação de dívidas de créditos comercias para pessoas físicas e empresas. A campanha Você no Azul engloba cerca de três milhões de clientes, proporcionando facilidades para regularização de débitos com atraso superior a 360 dias com descontos que variam entre 40% e 90% para liquidação à vista, conforme a situação dos contratos e o tipo de operação de crédito.

A Você no Azul abrange cerca de 2,6 milhões de clientes pessoa física, dos quais 92% poderão quitar suas dívidas à vista por valores inferiores a R$ 2.000,00, e 320 mil pessoas jurídicas, em que 65% tem possibilidade de quitar à vista com valores inferiores a R$ 5.000,00.

Segundo o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, a ação facilita a regularização ou liquidação das dívidas em atraso dos clientes que estão com dificuldade de pagamento dos compromissos financeiros em condições especiais. “Um dos nossos principais objetivos é resgatar o poder de compra e parcelamento dos clientes, adequar seus compromissos à sua realidade financeira, e possibilitar que possa tomar novo crédito no mercado, com a exclusão da restrição em seu cadastro”, disse.

A ação estará vigente por 90 dias em todo o território nacional, e os clientes poderão receber atendimento por meio do site www.negociardividas.caixa.gov.br, pelo telefone 0800 726 8068 opção 8, nas redes sociais da CAIXA no Facebook (facebook.com/caixa), Twitter (twitter.com/caixa) e agências.

Outros canais de atendimento

Para ampliar os canais de atendimento e proporcionar mais conveniência, algumas cidades receberão os Caminhões Você no Azul, que são agências móveis instaladas em 5 caminhões, que realizarão atendimento em grandes cidades.

Os clientes também poderão ser contatados por empresas de recuperação de crédito, contratadas pela CAIXA, além de SMS e outras formas de comunicação, que têm como objetivo divulgar as alternativas negociais disponíveis.

Gabriel Diniz: veja os últimos momentos do cantor

Ele morreu nesta segunda-feira (27). Última apresentação foi em feira de Santana (BA).

Gabriel Diniz fez série de vídeos no Stories do Instagram



Gabriel Diniz fez série de vídeos no Stories do Instagram

Gabriel Diniz morreu aos 28 anos na manhã desta segunda-feira (27), na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.

Pelas redes sociais, o cantor compartilhou alguns momentos de sua manhã antes do embarque na aeronave, em Salvador.

No carro ao lado de um amigo, Gabriel mostrou bom humor ao falar sobre a agenda de shows que se seguiriam a partir de quarta-feira (29). Ele faria pelo menos cinco apresentações: duas em São Paulo, seguidas de shows em Afrânio, em Pernambuco, Areia Branca, em Sergipe, Salvador, na Bahia, e Belém, no Pará.


Gabriel Diniz em seu último show, em Feira de Santana, na Bahia — Foto: Reprodução/Instagram

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Gabriel Diniz: 'Jenifer' e outras 7 músicas para entender o sucesso do cantor

Antes de lançar hit do verão de 2019, cantor liderou grupos de forró eletrônico e fez parcerias com Safadão e Cristiano Araújo. Relembre carreira do artista, que morreu em queda de avião.



Gabriel Diniz se apresenta no réveillon do Lovina, em Cabedelo — Foto: Divulgação/Lovina Beach Club

Musa do verão brasileiro em 2019, "Jenifer" foi o ponto mais alto de uma carreira que só prosperou para Gabriel Diniz, cantor morto nesta segunda-feira (27) na queda de um avião em Sergipe. Ele tinha 28 anos.

Mas, antes do auge, GD, como era chamado pelos fãs, já fazia sucesso à frente de grupos de forró eletrônico e embalando com seu forrónejo bem-humorado os paredões - festas de rua com equipamentos potentes de som - do Nordeste. Parceiros como Wesley Safadão e Cristiano Araújo ajudaram na trajetória até o reconhecimento nacional.

Entenda, nas 8 músicas abaixo, o sucesso de Gabriel Diniz.

‘Jenifer’

Fenômeno nacional, a tal garota do Tinder que “faz umas paradas”colocou Gabriel no topo da lista de músicas mais ouvidas do Spotify no Brasil, em janeiro, pela primeira vez. A consagração veio no carnaval: “Jenifer” foi hit absoluto nas caixas de som e nas fantasias.

Criação de oito compositores, a música caiu primeiro nas mãos de Gusttavo Lima, que desistiu de gravar. Gabriel Diniz assumiu a tarefa mesmo com a desconfiança da própria equipe.

"Ninguém achou que ia ser esse sucesso. Nem o pessoal do meu escritório, nem meu empresário. O Wesley [Safadão, um dos sócios do escritório do cantor] não acreditou, ninguém acreditou. Foi uma aposta minha, sozinho mesmo", contou, em entrevista ao G1.

domingo, 26 de maio de 2019

Ministra destaca importância de Congresso aprovar R$ 10 bi para Plano Safra

Os recursos estão previstos no projeto de crédito suplementar para o qual o Legislativo precisa dar seu aval

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse na quinta-feira (23/5), esperar que o Congresso Nacional aprove rapidamente cerca de R$ 10 bilhões para a subvenção ao crédito rural no Plano Safra 2019/2020, que será anunciado em 12 de junho.

Os recursos estão previstos no projeto de crédito suplementar (PLN 4/2019) para o qual o Legislativo precisa dar seu aval. No total, o Executivo pede autorização do Congresso para, com recursos oriundos de operações de crédito, quitar R$ 248,9 bilhões em despesas correntes. Os R$ 10 bilhões estão dentro desse montante.

Segundo Tereza Cristina, é "importantíssimo" que o valor de R$ 10 bilhões seja aprovado para o anúncio do Plano Safra. A ministra disse que soube por conversas com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, que o projeto irá à votação na semana que vem. Na quarta-feira (22/5), na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, a ministra disse que o próximo Plano Safra terá, no mínimo, os mesmos R$ 220 bilhões destinados no ano agrícola 2018/2019.

"Eu tive resposta dos dois que isso deve ser aprovado na semana que vem, que isso deve passar na terça-feira (28/5) na Câmara - que é a regra de ouro - e passar no Senado um dia ou dois depois. Estou fazendo o que eu posso", disse a ministra em coletiva de imprensa para fazer um balanço da missão oficial à Ásia.

Globo Rural

Usina Santa Adélia encerrará operação da unidade Pioneiros em 2021


Segundo a companhia, após a próxima safra, a cana-de-açúcar processada na usina será moída na unidade Pereira Barreto


Segundo a companhia, após a próxima safra, a cana-de-açúcar processada na usina será moída na unidade Pereira Barreto (Foto: Marcelo Min / Ed.Globo)

A Usina Santa Adélia anunciou, em comunicado, que encerrará, a partir de 2021, as atividades industriais da unidade Pioneiros, em Sud Menucci (SP). Segundo a companhia, após a próxima safra, a cana-de-açúcar processada na usina será moída na unidade Pereira Barreto, distante 50 quilômetros e localizada no município homônimo no noroeste paulista, "propiciando significativos ganhos de escala e simplificando a logística", informou a Santa Adélia.

A prefeitura de Sud Menucci informou que cerca de 140 funcionários trabalham nas operações industriais na usina Pioneiros e nem todos devem perder o emprego com o fim das atividades da usina produtora de açúcar e etanol.

Em reuniões com representantes do grupo sucroenergético, foi anunciado que será desenvolvido um plano de recolocação profissional pela Santa Adélia com o apoio do poder público local.

"Preocupada em minimizar os impactos para seus colaboradores, a empresa desenvolveu um plano detalhado para ser executado durante o prazo de transição", informou o grupo empresarial. A usina Pioneiros era independente até ser incorporada pela Santa Adélia em um processo de fusão das duas empresas, em 2011. A unidade Pereira Barreto foi construída pela companhia em 2004, com sede e usina em Jaboticabal (SP).

Do Globo Rural

Vira-vira no Maraca: com dois gols no fim, Flamengo vence Athletico-PR e volta ao G-6

Em jogo de duas viradas, cariocas jogam mal, mas ganham no sufoco dos reservas do Furacão com gols de Gabigol, Bruno Henrique e Rodrigo Caio. Muito criticado pela torcida, Abel é abraçado pelos jogadores e sai emocionado no fim.

Que jogão!



Como fica?

Com a vitória, o Flamengo chega a 10 pontos, dá um salto na tabela para o quinto lugar e volta ao G-6 do Brasileirão, ao menos provisoriamente (pode ser ultrapassado por Goiás, Corinthians e Bahia no complemento da rodada). Já o Athletico-PR estaciona nos sete pontos e em 10º lugar, mas pode perder várias posições ainda na rodada e se aproximar do Z-4.

Agenda


Pelo Brasileirão, as duas equipes voltam a campo no próximo final de semana. O Flamengo joga primeiro e enfrenta o Fortaleza no sábado, às 16h (de Brasília), no Engenhão. No dia seguinte, mas no mesmo horário, o Athletico recebe o Fluminense na Arena da Baixada. Antes, porém, o Furacão disputa o título da Recopa Sul-Americana na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o River Plate na Argentina.

sábado, 25 de maio de 2019

Golpistas usam Instagram para aplicar fraudes em vendas on-line

Com anúncios falsos, perfis vendem produtos que nunca são entregues ou que não condizem com o que é prometido.

Com mais de 1 bilhão de usuários, o Instagram se tornou, mais do que uma rede social, uma plataforma em que proliferam lojas, vendedores de serviços e pequenos comércios. Atualmente são mais de 25 milhões de perfis voltados para comércio.
Instagram tem sido usado por pequenos comércios e vendedores de serviços para anunciar produtos — Foto: Reuters

Segundo dados de 2017 do Instagram, mais de 200 milhões de pessoas visitavam pelo menos um perfil de negócios na rede social. Números de 2015 afirmam que 60% dos usuários descobriam novos produtos pela plataforma. Não há estimativa de quanto dinheiro esse comércio movimenta.

Mas com o grande número de ofertas, é preciso tomar certos cuidados. As denúncias por fraude também aumentam e muitas pessoas acabam comprando produtos que não condizem com o que é anunciado, ou que nem sequer chegam ao consumidor.

Isto aconteceu com o analista financeiro Ewerton Dalpino, que comprou um tênis por meio de um anúncio do Instagram. “Eu pesquisei o tênis no Google. Depois, entrei no meu feed [do Instagram] e tinha um anúncio de uma loja com o preço bem mais barato. Cliquei, fui redirecionado para um site e fiz a compra com o cartão. Mas eu nunca recebi”, conta.

Notebook infestado com pragas digitais vai a leilão por mais de R$ 4 milhões






Máquina foi preparada como obra de arte por artista chinês.

Computador foi contaminado com seis pragas digitais. A mais visível dela é o WannaCry, que deixa uma cobrança de resgate na tela para recuperar os arquivos criptografados. — Foto: Reprodução

O artista chinês Guo O Dong preparou um notebook contaminado por algumas das pragas digitais mais perigosas já criadas como uma obra de arte chamada "A Persistência do Caos".

O computador está sendo leiloado pelo valor mínimo de US$ 1,1 milhão, cerca de R$ R$ 4,3 milhões. A máquina está em Nova York, nos Estados Unidos.

O valor final — e se esse valor será pago — só será conhecido ao fim do leilão, que deve terminar em quatro dias.

O site oficial do projeto conta com um vídeo em tempo real do computador. Na tela, é possível ver a janela do WannaCry, um vírus de resgate que cobrava valores em Bitcoin para supostamente recuperar os arquivos das vítimas. O WannaCry contaminou várias empresas e causou interrupções de serviços públicos em 2017.

A imagem da tela do notebook é capturada por uma câmera, já que a máquina está totalmente desconectada da rede.

O notebook é na verdade um netbook (compacto de 10,2") da Samsung, modelo NC10 de cor azul, de 2008. A máquina vem com o Windows XP. Não foi especificado o motivo da escolha desse computador, avaliado em aproximadamente R$ 500 no mercado de usados.

O site alerta que comprar e vender pragas digitais para o uso em ataques cibernéticos é ilegal nos Estados Unidos e que a máquina só deve ser usada para fins artísticos ou acadêmicos. Guo O Dong afirma criar obras sobre a sociedade conectada e a influência da cultura americana na internet.

Quais vírus que estão no notebook?

O projeto reuniu pragas digitais responsáveis por epidemias que causaram bilhões de dólares em prejuízo. Segundo as estimativas usadas pelo projeto, os seis vírus instalados no notebook foram responsáveis por US$ 95 bilhões (cerca de R$ 400 bilhões) em prejuízos. De acordo com o site do projeto, as seguintes pragas digitais foram instaladas no notebook:

I Love You:
Uma praga que circulou por e-mail no ano 2000, notória pelas mensagens que prometiam declarações de amor. A praga digital foi criada em VBScript, o que permitiu que dezenas de variações fossem criadas, desafiando filtros e antivírus. É o vírus mais antigo instalado no sistema.

SoBig: Uma família de pragas digitais que se espalharam por e-mail em 2003. A sexta variação do vírus, conhecida como SoBig.F, foi a mais notória pela velocidade com que contaminou sistemas.

MyDoom: Outra praga digital que se espalhou por e-mail em 2004. Agressivo, o vírus também lançava ataques contra os servidores de atualização do Windows.

BlackEnergy: Diferente das demais pragas digitais por não ter causado uma epidemia, o BlackEnergy é um conjunto de códigos maliciosos encontrados em instalações elétricas na Ucrânia. Foi responsável por um blecaute no país em 2015.

WannaCry: Vírus de resgate de 2017 que contaminou centenas de milhares de computadores, prejudicando serviços públicos por conta de sua capacidade destrutiva. Ele criptografava os arquivos, deixando sistemas inoperantes e cobrando um valor em Bitcoin para retornar a máquina ao seu estado original.
Dark Tequila: Vírus revelado em 2018 utilizado em fraudes bancárias na América Latina, principalmente no México.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Pogonofobia: por que existem pessoas com medo de barbas?



Mano, acredite! Por mais que a gente cuide da barba com todo o carinho e amor, tem gente que tem medo dela, sabia? Não é zoeira, não! Essa repulsa pelos nossos queridos pelos faciais tem nome e se chama pogonofobia.

Apesar de não ser uma parada tão divulgada assim, se trata de um problema que aflige muita gente por aí e, claro, alguns barbudos podem se sentir ofendidos! Só que é preciso entender que, realmente, é uma fobia e, certamente, aquela pessoa tem algum motivo específico para sofrer com ela.

A gente preparou este post para explicar melhor o que é a tal pogonofobia e como os barbudos podem ajudar essas pessoas a superarem esse problema. Bora conferir?

O que é a pogonofobia afinal?

Em termos gerais, se trata de uma fobia às barbas, isso mesmo! As pessoas criam uma aversão e uma repulsa irracional contra aqueles que cultivam um volume no rosto, mesmo sendo bonitões que nem a gente!

Em alguns casos, a parada fica séria mesmo, de causar calafrios, arrepios, taquicardia, síndrome do pânico, entre outros sintomas. Pode parecer bizarro para grande maioria, mas é uma questão psicológica e não podemos julgar ninguém pela pogonofobia. Pelo contrário, um barbudo de respeito vai sempre buscar ajudar, não é mesmo? Por isso, se liga no próximo tópico e entenda melhor como fazer isso!

Quais as possíveis causas da pogonofobia?

Normalmente, a pogonofobia está associada a um trauma ou lembrança de infância e não é à toa! Ao longo dos tempos, criamos certas imagens negativas em nossas cabeças, com personagens ruins, tipo o Brutus, o Homem do Saco etc. Não que, necessariamente, todos eles tenham barba, mas são “pessoas” brutas, que remetem a uma figura mais robusta com cara de mau.

Os barbudos, querendo ou não, acabam levando essa fama de cara mau também (até mesmo naquelas fotos que você tira fazendo coraçãozinho). Para quem desenvolveu esse medo desde cedo, associa aquela imagem ruim do passado, sacou?

Além disso, ainda tem o fato do preconceito, que historicamente, acompanhou a evolução da barba ao longo dos anos. Quem nunca recebeu uma piadinha de Osama Bin Laden ou já foi questionado sobre a sua higiene? Ou seja, a ignorância também pode ajudar a desenvolver a pogonofobia!

Como lidar com pessoas que sofrem de pogonofobia?

Irmão, se você conhece alguém com pogonofobia, não vai precisar raspar a barba ou querer discutir com ele! Como dissemos, se trata de um lance psicológico e, por isso, é preciso educar, ou mesmo, tratar!

Se aquela pessoa sofreu algum trauma no passado, cabe ao barbudo conseguir mostrar que sua imagem não tem nada relacionado a coisas ruins, más ou sujas. Tente agir sempre de forma positiva, com boas ações, mostrando segurança, conversando sempre de forma suave, sorridente. E claro, né brother, sempre dê um trato especial com um shampoozinho esperto, mantenha os pelos aparados, modelados e com a melhor aparência possível!

Por fim, se achar que, realmente, se trata de um problema grave, o jeito é buscar por terapias específicas com psicólogos!

O importante é sempre buscar compreender que a pogonofobia é, de fato, um problema a ser educado e não uma posição voluntária da pessoa, ou seja, não se trata de um preconceito (apesar de ele ajudar a desenvolver o trauma). Portanto, tem solução e dá pra provar que barba é vida, o resto é coisa da cabeça dos outros!

terça-feira, 21 de maio de 2019

Como ser feliz? Os 11 conselhos de Aristóteles



Quando se trata de alcançar a felicidade, a maioria das pessoas se pergunta: “O que devo fazer?” Não é estranho, imbuído como estamos na cultura do fazer e da plena ocupação do tempo até que não haja mais um minuto. Os grandes filósofos, no entanto, se perguntavam: “Que tipo de pessoa devo ser?”

O segredo está no equilíbrio


Muitos grandes pensadores costumavam recorrer à ética da virtude em busca de respostas. Aristóteles, um dos filósofos mais influentes de todos os tempos, desenvolveu um sistema integral de virtude que podemos perfeitamente pôr em prática nos tempos modernos para alcançar um estado de equilíbrio emocional e paz interior no qual a felicidade naturalmente floresce.

De fato, seu sistema de ética da virtude é especialmente projetado para nos ajudar a alcançar a “eudaimonia”, uma palavra muito interessante que geralmente é traduzida como “felicidade” ou “bem-estar”, mas que na verdade significa “floração humana”.

Isso significa que Artistóteles pensava que a felicidade é o resultado de um modo de vida e um modo de ser, que surge quando somos capazes de desenvolver nosso potencial como pessoa e construir um sólido “eu”. O que é esse modo de viver?

Aristóteles pensava que o segredo estava em equilíbrio, uma ideia relacionada a outros sistemas filosóficos como o budismo. Este filósofo pensava que uma vida de abstinência, privação e repressão não leva à felicidade ou a um “eu” completo. Mas uma vida hedonista também não é o caminho, uma vez que os excessos geralmente geram uma forma de escravidão ao prazer, gerando no final um vazio existencial.

“A virtude é uma posição intermediária entre dois vícios, um por excesso e o outro por padrão”, escreveu ele. E para desenvolver a virtude, devemos simplesmente aproveitar todas as oportunidades que surgem, uma vez que não se trata de conceitos teóricos, mas de atitudes, decisões e comportamentos que devem guiar nossas vidas.

As 10 virtudes aristotélicas para alcançar eudaimonia

‘Não vou sair do partido’, rebate Janaina Paschoal



A deputada estadual Janaina Paschoal afirmou à reportagem nesta terça-feira, 21, que não vai abandonar o PSL, partido pelo qual se elegeu como a parlamentar mais votada da história Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). “Não vou sair do partido. Eu saí do grupo de WhatsApp e, por alguma razão, a pessoa que divulgou minhas postagens à imprensa anunciou a suposta saída. Nunca falei em sair do PSL. Ficarei e garantirei a saudável pluralidade”.

Após criticar publicamente a organização dos atos de apoio ao governo Jair Bolsonaro previstos para o dia 26 de maio, a deputada sinalizou a possível desfiliação em uma mensagem enviada na segunda-feira, 20, no grupo de WhatsApp da bancada do partido no Legislativo paulista.

“Amigos, vocês estão sendo cegos. Estou saindo do grupo, vou ver como faço para sair da bancada. Acho que os ajudei na eleição, mas preciso pensar no País. Isso tudo é responsabilidade”, escreveu a parlamentar na mensagem reproduzida pelo site O Antagonista e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo com deputados do PSL. Em seguida, ela deixou o grupo.

Estadão Conteúdo

O consumidor está menos impulsivo e mais racional



Uma pesquisa recente da consultoria de tendências Box 1824 mapeou o que a gente já sentia nas nossas análises: o consumidor brasileiro está mais racional na hora da compra. O consumidor, que sempre foi impulsivo, movido mais pela emoção na hora da compra, começou a ficar mais crítico e a comprar movido mais pela razão. Entre os mais jovens, inclusive, passou a influenciá-los mais em suas compras a referência de pessoas conhecidas, além de, e principalmente, a relação com a tecnologia, uma vez que as pessoas hoje estão conectadas onde quer que estejam. E acredite: isso tem mudado profundamente a forma como as pessoas consomem.

Essa mesma pesquisa identificou coisas bem interessantes. Cito alguns exemplos. Pensar e agir como sócio: sim, já existe uma tendência que avalia que o consumidor passou a agir como sócio das marcas, comprando marcas para apoiar seus valores e suas causas. Outro exemplo é o melhor entendimento das formas de pagamento: o consumidor está mais maduro e pensa melhor a sua vida financeira, e sabe escolher melhor a forma de pagamento, e isso, claro, impacta nas vendas. Mais um exemplo: a
possibilidade de entregar em qualquer lugar. Essa era esperada, concorda? O imediatismo dos dias de hoje transformou profundamente as noções de prazo e de forma de entrega. É tudo pra ontem! Entrega em todo lugar, pode retirar na loja, tem entrega urgente no cardápio de opções, ufa, muita coisa! O soberano é o cliente, sabia? Ele decide. E você que se vire para entregar.

Tem muitos outros exemplos. Mas como o espaço é curto, vou concluir com mais um: o poder dos comentários. A marca precisa criar um relacionamento com os consumidores, pois neste mundo digital o que se fala das marcas pode turbinar ou detonar reputações de marcas. O consumidor mudou muito. E ele raciocina cada vez mais. Vale colocar emoção na venda e na estratégia? Vale, sempre. Mas ela tem de vir acompanhada de sólidos e novos argumentos de venda. Como os que escrevi aí acima.

sábado, 18 de maio de 2019

Caixa Econômica Federal abre PDV na próxima semana para 3,5 mil empregados





O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou nesta sexta-feira (17) a funcionários do banco um programa de demissão voluntária (PDV) com objetivo de reduzir 3,5 mil postos.

Segundo a instituição estatal, o público alvo principal do programa são 28 mil funcionários que trabalham na matriz e em escritórios regionais da Caixa. O prazo para adesão ao PDV começa na segunda-feira (20) e vai até o começo de junho.

“Simultaneamente, o banco vai chamar aprovados em concurso em 2014”, afirmou a assessoria de imprensa do banco. Ainda não há uma estimativa de quantos serão contratados, mas a expectativa é de que até 25% desse público seja composto por pessoas portadoras de deficiência física.

O banco afirmou ainda que não há neste momento planos para fechamento de agências. A Caixa tem mais de 4,4 mil pontos físicos de atendimento no Brasil.

A instituição não informou de imediato qual a estimativa de economia a ser obtida com o PDV. A Caixa tinha 85 mil funcionários no final de 2018, o dado público mais recente.

Folhapress

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Dólar supera os R$ 4,10 e Bolsa fecha abaixo dos 90 mil pontos





O mercado brasileiro não se recuperou das perdas da véspera nesta sexta-feira (17). O dólar continuou a subir e fechou a R$ 4,1020, valorização de 1,58%. A Bolsa brasileira fechou abaixo dos 90 mil pontos, pior desempenho do ano.

Analistas destacam que não houve mudança no quadro político em direção ao avanço da reforma da Previdência. A crise entre governo Bolsonaro e Câmara e investigações envolvendo o filho do presidente, Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), preocupam investidores.

No exterior, o dia também foi de perdas após negativas da China quanto a um acordo com os Estados Unidos para por fim à guerra comercial. As Bolsas chinesas recuaram mais de 2%.

Nos EUA, índice Dow Jones recuou 0,38%. S&P 500 caiu 0,45% e Nasdaq teve queda de 1%.

O Ibovespa, maior índice acionário do país, operou em alta durante a maior parte do pregão. A recuperação após a queda de quinta (16), no entanto, não se sustentou. A Bolsa fechou com leve recuo de 0,03%, a 89.992 pontos, pior patamar do ano. O giro financeiro foi de R$ 16,4 bilhões. Na semana, o índice acumula queda de 4,5%.

Na véspera, o índice caiu 1,75%, a 90 mil pontos. O recuo foi impulsionado pela queda nas ações da Vale, com risco de rompimento de duas barragens. Hoje, com o recorde no preço do minério de ferro, os papeis da companhia se recuperaram e tiveram alta de 2,8%.

Durante a sexta, o dólar continuou trajetória de alta e chegou a R$ 4,1140. A moeda encerrou cotada a R$ 4,1020, alta de 1,58%. O valor é o maior desde 19 de setembro de 2018, período pré-eleitoral.

Na quinta, a moeda americana havia fechado acima dos R$ 4 pela primeira vez desde 1º de outubro.

Na semana, o dólar acumula valorização de 4%. Este é o pior período para o real desde a semana de 20 de agosto, quando a moeda americana teve alta acumulada de R$ 4,80. Dentre as divisas emergentes, o real foi a que mais se desvalorizou, com 2,48% de perdas, bem à frente do Florim húngaro, segundo mais desvalorizado, que perdeu 1,21% frente ao dólar.​

Para Sidnei Nehme, diretor da corretora de câmbio NGO, a alta do dólar não deve se manter. “O patamar de R$ 4,10 já é de altíssimo risco para quem aposta na alta do dólar. Se o governo der um passo firme em direção a reforma da Previdência, a cotação da moeda americana desmorona”, afirma.

Para o economista, a valorização do dólar reflete o cenário de incertezas domésticas. “Neste caso, a guerra comercial entre EUA e China não teve grande pressão. A cotação reflete uma aposta de que o dólar continue a subir, uma aposta no caos. O câmbio é um dos únicos segmentos que não temos problema, com grande reserva e mecanismos para suprir liquidez do mercado. O real é a moeda mais bem defendida e a que cai mais, por especulação de que o cenário político vá piorar”, diz Nehme.​

O início da investigação judicial contra Flávio Bolsonaro e a citação a Rodrigo Maia em delação sobre o pagamento de propina pela companhia aérea Gol podem ser mais um entrave no panorama político. Maia é o principal articulador político da reforma da Previdência, vista como a salvação das contas públicas brasileiras.

Protestos contra o corte de verbas da Educação e a postura conflituosa de Jair Bolsonaro também preocupam o mercado.

Dados econômicos do início do ano tampouco geram otimismo. Segundo o Banco Central, a atividade econômica no primeiro trimestre recuou e as projeções para o PIB do período são negativas.

O clima no exterior também piou na semana, com novos capítulos da guerra comercial entre China e Estados Unidos. Na segunda, o governo chinês anunciou o aumento de tarifas para importações americanas, o que derreteu os mercados globais.

Nesta sexta, o governo chinês afirmou que não tem pressa de fechar um acordo e que a decisão do governo de Donald Trump de elevar as tarifas de importações chinesas feriu “profundamente” as negociações. De forma protecionista, os chineses anunciaram novos incentivos para o mercado interno.​

Folhapress

Após assumir homossexualidade, Diego Hypolito revela tentativa de suicídio

O ginasta chegou buscar ajuda profissional e foi internado em uma clínica psiquiátrica



Foto/Reprodução

Folhapress - Pouco mais de uma semana depois de assumir ser homossexual, o ginasta Diego Hipolito, 32, revelou em entrevista à revista Quem já ter tentado tirar a própria vida.

Isso são coisas muito pesadas, eu sei. Mas são coisas que muitas pessoas passam e depois não sabem como lidar com isso", disse Hypolito sobre as tentativas de suicídio. -

Segundo o atleta, uma soma de episódios o levou a essa condição: as quedas olímpicas, a demissão do Flamengo, o fato de ter morado sozinho durante um ano em São Paulo e um relacionamento que terminou.

Em 2014, o ginasta buscou ajuda profissional e foi internado em uma clínica psiquiátrica.

"Aconteceu tanta coisa na minha vida que não tinha como eu não ter algum problema psicológico, é natural. Eu acho que todo problema psicológico é excesso de muito problema que você não tem controle", afirmou.

Antes da prata olímpica nos Jogos do Rio, em 2016, Diego Hypólito sofreu com quedas seguidas nas duas edições anteriores da Olimpíada.

Em Pequim-2008, quando estava no auge de sua carreira, precisava apenas terminar sua sequência de saltos para conquistar o ouro, mas caiu de bunda no chão. Na edição seguinte, em Londres-2012, caiu de cara durante sua apresentação e viu o sonho da medalha terminar outra vez.

No início do ciclo olímpico para o Rio de Janeiro, enfrentou uma depressão em 2013 após a saída do Flamengo. Chegou a perder 10 kg.

A redenção começou no Mundial de 2015. O atleta viajou como reserva, mas acabou entrando na equipe titular por conta de uma lesão de Péricles Silva. No torneio, ajudou o time a conseguir a vaga para a Rip-2016 e faturou um bronze, que se juntou às medalhas de ouro no solo conquistadas em 2005 e 2007.

No Rio de Janeiro, enfim conseguiu sua primeira medalha olímpica, após boa apresentação no solo, que garantiu a ele a medalha de prata.

Reprodução do Portal NCO

WhatsApp pede que usuários atualizem app após descobrir falha de segurança

Brecha permite que invasores tenham acesso ao conteúdo do aparelho.



WhatsApp reconhece falha de segurança

O aplicativo de mensagem instantânea WhatsApp, de propriedade do Facebook, informou na segunda-feira (13) que detectou uma vulnerabilidade em seu sistema que permitiria que hackers instalassem de maneira remota um tipo de "spyware", um software espião, para ter acesso a dados do aparelho, em alguns telefones.


A empresa confirmou em comunicado à imprensa a informação publicada horas antes pelo jornal britânico "Financial Times" e pediu a todos os 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo que "atualizem o aplicativo para sua versão mais recente" e também mantenham seu sistema operacional atualizado "a fim de proteger contra possíveis ataques destinados a comprometer as informações armazenadas em dispositivos móveis".

Passo a passo para atualizar o app

Entre no Google Play Store, no caso do Android, ou na Apple Store, no caso do iOS (iPhone);
Use a busca para procurar o aplicativo do WhatsApp e clique em atualizar;
Clique no aplicativo e verifique se o número da sua versão é igual às mais seguras divulgadas pela empresa (veja abaixo)

Observação: se você fizer os passos acima e não encontrar a opção de atualizar é porque seu aparelho pode estar configurado para atualização automática de aplicativos e já realizou o download da nova versão.

A última atualização foi disponibilizada nesta segunda-feira (13). É possível ver na Google Play e na AppStore qual versão está instalada no seu aparelho.

Segundo um comunicado divulgado no Facebook, a brecha de segurança afeta as versões do app anteriores a estas:


  • WhatsApp para Android v2.19.134;
  • WhatsApp Business para Android v2.19.44;
  • WhatsApp para iOS v2.19.51;
  • WhatsApp Business para iOS v2.19.51;
  • WhatsApp para Windows Phone v2.18.348;
  • WhatsApp para Tizen v2.18.15.


O WhatsApp, que foi adquirido pelo Facebook em 2014, afirmou que "dezenas" de telefones foram alvos do ataque e que as vítimas foram escolhidas "especificamente", de maneira que em princípio não se trataria de um ataque em grande escala.

Quem fez o ataque?

Não se sabe quem realizou os ataques, mas o software espião que foi instalado nos telefones "se assemelha" à tecnologia desenvolvida pela empresa de cibersegurança israelense NSO Group, fornecedora de governos e agentes de segurança.

Ao G1, um porta-voz do NSO Group afirmou que o software da companhia é licenciado para governos e agências estatais para lutar contra criminosos e terroristas.

"A companhia não opera o sistema que disponibiliza e, depois de uma análise séria, fornece o dispositivo para que agentes estatais e governos possam utilizar essa tecnologia para dar suporte a suas missões públicas", disse. "A NSO não poderia e nem usaria sua tecnologia para atacar qualquer pessoa ou organização".

A vulnerabilidade no sistema, para a qual o WhatsApp lançou uma atualização na segunda-feira, foi detectada no início de maio, quando a empresa trabalhava para melhorar a segurança das chamadas de áudio. Por enquanto, não se sabe quanto tempo duraram as atividades de espionagem.

Os hackers faziam uma ligação através do WhatsApp para o telefone cujos dados queriam acessar e, mesmo que o destinatário não respondesse à chamada, um programa de spyware era instalado nos dispositivos.

Em muitos casos, a chamada desaparecia mais tarde do histórico do aparelho, de modo que, se ele não tivesse visto a chamada entrar naquele momento, o usuário afetado não suspeitaria de nada.

Vítimas da espionagem

O WhatsApp assegurou que, logo após tomar conhecimento dos ataques, alertou organizações de direitos humanos (que estavam entre as vítimas da espionagem), empresas de segurança cibernética e o Departamento de Justiça dos EUA.

O fato de algumas das organizações afetadas serem plataformas de defesa dos direitos humanos reforça a hipótese de envolvimento do software do Grupo NSO, uma vez que programas da empresa já foram utilizado no passado para realizar ataques contra esse tipo de entidade.

O NSO Group opera de forma obscura e, durante muitos anos, desenvolveu secretamente spywares para seus clientes, entre os quais governos de todo o mundo, que os utilizam para acessar dispositivos móveis e obter informações.

O spyware teve capacidade para infectar telefones com sistema operacional da Apple (iOS) e do Google (Android).

Bíblia fica intacta após incêndio destruir casa em cidade no interior do RN

Uma equipe do Corpo de Bombeiros da cidade Caicó foi acionada e conseguiu eliminar as chamas



Foto/Reprodução

Um incêndio destruiu uma residência no bairro Ivan Bezerra, na cidade de Parelhas/RN, no fim da manhã dessa quinta feira. A dona do imóvel, Josélia, disse que sua filha conseguiu sair a tempo de casa em meio às chamas e não teve ferimentos.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros da cidade Caicó foi acionada e conseguiu eliminar as chamas, que consumiram todos os eletrodomésticos e danificou a estrutura física do imóvel familiar. E por sorte, ninguém ficou ferido.





Um fato chamou a atenção dos moradores de Parelhas.

O fogo destruiu tudo, menos a Bíblia Sagrada, que estava em cima de um rack.

Nenhuma folha, mas nenhuma mesmo, foi queimada, segundo informou o canal TV Social Mídia.

Reprodução: Portal NCO

quarta-feira, 15 de maio de 2019

DCE e Une convidam população para ato pacífico contra contenção de recursos na Educação




Os estudantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e a União Nacional dos Estudantes (UNE) estão convidando a população para participar do protesto nesta quarta-feira (15) contra a contenção de recursos do Ministério da Educação e a favor do ensino público de qualidade.

O convida, frisam os organizadores, é destinado a quem quiser partificar do ato pacificamente. “Não apoiamos a depredação, nem o uso da violência”, destacou.

A manifestação que acontecerá no cruzamento do Midway Mall, Senador Salgado Filho com Bernardo Vieira, e seguirá até a Praça da Árvore em Mirassol na BR-101, pela contramão. Por isso, a BR 101 no sentido Parnamirim–Natal estará interditada entre as 16h e 19h, entre Mirassol e a Arena das Dunnas..

Blog do BG

terça-feira, 14 de maio de 2019

Bolsonaro não pediu para ler o Enem 2019, diz presidente do Inep




Elmer Coelho Vicenzi fala em Comissão da Educação da Câmara nesta terça-feira (14). — Foto: Reprodução/TV Câmara

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Elmer Coelho Vicenzi, afirmou nesta terça-feira (14) que nenhuma autoridade superior, seja o Ministro da Educação ou o presidente Jair Bolsonaro, pediu para ler o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019. Ele deu a declaração na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

“Não foi pedido ao Inep, por nenhuma autoridade superior ao presidente do Inep – ministro da Educação ou o próprio presidente [Bolsonaro]– para ler a prova”, afirmou Vicenzi, presidente do Inep.
No ano passado, Bolsonaro criticou uma das questões do Enem e disse que tomaria conhecimento do conteúdo antes de a prova ser distribuída.

Em março, o Inep publicou uma portaria criando um grupo que faria uma “leitura transversal” do exame para “verificar a sua pertinência com a realidade social”.

Vicenzi também afirmou que:


Pedidos de Bolsonaro serão obedecidos dentro das normas
Não foram vetados temas ou questões do Enem
Tema da redação ainda não está definido
Cronograma da prova será mantido
Contratação de nova gráfica depende de parecer da AGU
Ideb pode ser alterado para incluir escolas de formação profissional

‘Obediência normativa’


Durante a audiência na Comissão de Educação, os deputados perguntaram se o presidente do Inep agiria como o presidente do Banco do Brasil, que retirou do ar um comercial que havia sido criticado pelo presidente.

A peça publicitária veiculada no fim de abril era voltada para jovens e trazia imagens de homens de cabelo rosa, mulheres negras e expressões como ‘fazem carão’. Bolsonaro afirmou na época que a publicidade não é a “linha” de pensamento dele já que, segundo o presidente, a “massa quer respeito à família”. A interferência do governo sobre o teor de peças de propaganda de empresas estatais não é permitida, pois fere a Lei das Estatais.

Vicenzi respondeu que haverá “obediência normativa” aos pedidos do presidente, ou seja, serão seguidas desde que estejam dentro das normas previstas.

“Pontuando a questão sobre se o presidente pedir (…) Havendo normativo, [o Inep] fará. Não havendo, não fará. Quem é que dirime a dúvida sobre lei, sobre normativos, na administração pública federal? A Advocacia-geral da União. Não me foi solicitado. Não instei a Advocacia-geral da União”, afirmou.

Ele afirmou ainda que não recebeu nenhum pedido da presidência sobre o Enem.


“Mas caso chegarmos a isso [a um pedido de Bolsonaro], tenho certeza que a Advocacia-geral da União será instada a se manifestar sobre a questão do procedimento. Mas, mais do que isso, é a garantia aos alunos de que a prova está sendo finalizada. A prova finalizou, ninguém mexe”, completou.

Segundo Vicenzi, as alterações no Enem não poderão ser feitas sem planejamento, dado o tamanho da prova. Na edição de 2018, 5,5 milhões de candidatos se inscreveram para realizar o exame.

“Você mexer no cronograma do Enem é mexer em um transatlântico em curso. Basicamente, [mudar] um grau é impossível. Existe todo um planejamento, um curso”, afirmou.

Ele completou deixando claro que nenhum superior pediu para ler a prova.

“Então, [para] deixar bem claro: não foi pedido para o Inep, por nenhuma autoridade superior ao presidente do Inep — ministro da Educação ou o próprio presidente — para ler a prova. Não foi pedido”, afirmou o presidente do Inep.

Nenhuma questão ou tema vetados


Vicenzi afirmou que nenhum item foi retirado do Banco Nacional de Itens (BNI), a base de questões que é usada para compor o Enem (leia mais abaixo como é feita a prova).

“Não existe qualquer normativo de corte de temas. Não existe. Existe alguma limitação para grupos minoritários? Não, não existe, pelo contrário. O Inep até assinou um termo de ajuste de conduta com o próprio Ministério Público para incluir estes temas. Então, eles vão ser observados”, afirmou.

Sobre a comissão de leitura da prova, Vicenzi disse que essa foi “mais uma comissão” entre muitas que participam da elaboração da prova.

“[Quero] Deixar os estudantes muito tranquilos: nenhum item foi retirado da base nacional de itens. Nenhum. Até porque, quando o processo é todo construído e ele entra [na base], aquele item passa a ser um bem público”, garantiu Vicenzi.

Segundo o presidente do Inep, a comissão “simplesmente se debruçou sobre um parecer”.


“Mas ele não é tirado e, inclusive, ele pode cair [na prova]. Por que? Porque ele está de acordo com a matriz de referência, ele está de acordo com a Base Nacional Comum Curricular. Qual a garantia para o aluno de que não haverá nada novo? A matriz de referência. Que é matriz desde quando? Desde 2009. Ela foi mudada? Não”, afirmou, entre pausas e ênfases.

Tema da redação


A comissão ainda está trabalhando na prova e o tema da redação ainda não foi definido, afirmou Vicenzi.

Cronograma mantido


O presidente do Inep garantiu que prova do Enem será aplicada nos dias 3 e 10 de novembro, dois domingos consecutivos, conforme previsto. Segundo ele, a comissão continua trabalhando na montagem dos itens para a confecção da prova.

“Estamos observando rigorosamente o cronograma. [O Enem] será realizado dia 3 e 10, observando a matriz de referência”, afirmou.

Ideb


Perguntado sobre o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que não inclui escolas de educação profissional, o presidente do Inep afirmou que a metodologia será alterada. De acordo com o deputado Ildivan Alencar (PDT-CE), caso as escolas profissionalizantes fossem incluídas no índice, o ranking mudaria, com Pernambuco em primeiro lugar e Ceará em segundo.

“Vamos fazer um spoiler aqui: […] a gente vai melhorar este cálculo e, mais do que isso, vamos recuperar o ‘para trás’. Acho importantíssimo, é uma contribuição que podemos fazer, nacional. Vamos ter reunião com ministro e secretários do Consed, em que iremos falar sobre isso mas, alerta de spoiler, vamos fazer. Mas precisa ter alinhamento com secretários” afirmou.

Inep


Vicenzi foi indicado para ser presidente do Inep em substituição a Marcus Vinicius Rodrigues, demitido em 26 de março deste ano. Entre a demissão de Rodrigues e a indicação de um novo nome para o cargo titular, o Inep passou mais de 20 dias sem presidente. Ele tomou posse no fim de abril.

Vicenzi é delegado da Polícia Federal e, desde novembro, atuava como na Corregedoria-Geral da PF. Ele também já chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos na Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado, e foi diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

“É fato e é notório que a equipe estrutural não é da área de educação. Eu não sou da área de educação. Sou delegado da Polícia Federal. Tenho especialização em orçamento público. Realmente foi um desafio vir para a área educacional”, falou na Câmara.

Com informações do G1

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Aprenda já os melhores cuidados com cabelos crespos masculinos



Amigo, se seus fios são enrolados, pode bater no peito com vontade, pois isso é sinal de orgulho e pode definir toda a sua personalidade, sabia? Isso mesmo!

É só parar para pensar que ninguém mais consegue imitar os mesmos cortes e penteados, muito menos chegar perto de um estilo tão particular. No entanto, há alguns “poréns”. Afinal, de nada adianta orgulhar-se se você não segue os devidos cuidados com cabelos crespos.

Ou seja, ter nascido assim já é maneiro o suficiente, porém, dá para tirar mais onda ainda se você souber cuidar da cabeleira, sacou? Justamente por isso preparamos este post para você ficar por dentro de tudo o que precisa fazer para manter o visual sempre nos trinques. Bora conferir?
Por que tantos cuidados com cabelos crespos?

Provavelmente você está ligado que os cabelos crespos são mais finos e frágeis do que os lisos, não é? É por esse motivo que ele acaba enrolando e dando o visual que você tanto admira!

Apesar de ser maneiro pacas, ter cabelo crespo é sinônimo de cuidados extras, já que é um pouco mais trabalhoso para a gente. Porém, fazendo tudo certinho e com os produtos adequados, o resultado sempre compensa a trabalheira.

O fato é que os cabelos crespos permitem muito mais penteados e cortes do que os demais, mas para isso, é preciso saber fazê-los e também estar com os fios apresentáveis. Por esse motivo que consideramos um estilo que, de fato, requer um pouco mais de atenção e “carinho”.

Basta acompanhar o próximo tópico para descobrir os segredos e tratamentos ideais para esse tipo de cabelo. Segue ai!

Quais são os cuidados essenciais com os cabelos crespos?

Amigo, não tem erro! Apesar de você precisar de cuidados especiais, o segredo para o visual está em três fatores: higiene, hidratação e penteado! Abaixo, explicamos isso melhor, em 3 perguntas básicas!
Como faz pra deixar os cabelos crespos limpos e cheirosos?

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Afinal, como curar ressaca rapidamente? Não perca 4 dicas!



Sabe qual a melhor maneira de evitar aquela ressaca maldita do dia seguinte? É não beber igual a um camelo a noite inteira! Mas, como isso nem sempre é possível, a gente resolveu preparar este post mostrando algumas dicas infalíveis de como curar ressaca de forma rápida e eficiente.

Então, se você chegou até este texto por que exagerou ontem e a cabeça parece que vai explodir a qualquer hora, preste bem atenção ao que trouxemos abaixo. Bora curar isso logo!
Afinal, por que diabos você tem ressaca?

Antes de saber como curar ressaca, é bom entender por que toda semana você acorda assim! O lance é que, quando o álcool é ingerido, ele vai direto para o fígado, onde é metabolizado. Claro, quando se exagera, o órgão sofre com isso e produz substâncias para tentar equilibrar o organismo. Só que não rola, né, parceiro? Está achando que seu fígado é de aço?

Além disso, o álcool costuma desidratar muito! Por isso, a boa é sempre intercalar a bebida com água durante a noitada ou o churrasco, sacou? Ou seja, cuide de seu fígado da mesma forma que você cuida da sua barba, belê?

E como curar ressaca de verdade?

1. Beba Coca-Cola


Na real, ninguém sabe bem a composição da Coca-Cola até hoje, mas uma parada é certa: ela cura ressaca sem igual. Se faz bem ou faz mal, aí já é outra história! Mas quem vai se importar numa hora dessa, né? Está quase morrendo aí, botando os bofes pra fora e a cabeça latejando lá dentro, só um copão do refrigerante gelado é capaz de salvar sua vida agora.

Mas, falando sério, a sensação que a Coca dá no momento de ressaca é de alívio, muito provavelmente por causa do açúcar (glicose) e do gás, que faz arrotar (bota a mão na boca, pelo menos).

2. Hidrate-se com muita água

Cara, como falamos, o ideal é beber água intercalada com as bebidas. Mas, como a gente sabe que você deu mole e agora está fuçando a internet atrás de dicas, saiba que ingerir muita água no dia seguinte também pode ajudar a curar a ressaca.

Isso porque, naturalmente, o corpo vai sentir falta. Com certeza, sua boca vai amanhecer seca (com aquele cheirinho de dragão), mãos ressecadas e a cabeça parecendo que aumentou alguns centímetros. É nessa hora que a gente vai até a cozinha e mata uma jarra de água fácil! Demora, mas resolve!

3. Recorra a um antiácido


Cara, a gente vai ser bem sincero! Aqueles comprimidinhos baratos e efervescentes que sempre estão à disposição nos balcões da farmácia são uma das formas infalíveis de como curar ressaca. Só que tem o seguinte, meu brother: essa parada não faz muito bem para o seu estômago, não!

Logo, não vá pensando que encontrou a solução perfeita, pois, com o tempo e uma frequência exagerada, isso pode trazer alguns problemas de saúde. Portanto, uma vez ou outra até vai, mas é bom moderar!

4. Tome uma sopa de legumes


Por que, em hospitais, sempre servem sopa? Porque é uma comida leve, nutritiva e capaz de repor os sais e nutrientes que você perdeu na bebedeira. Relaxa, mano! A gente não quer internar você só por causa de uma ressaca, mas fazer uma sopinha pode ajudar muito, já que ela não vai pesar no seu estômago e, ao mesmo tempo, vai recuperar seu ânimo e equilibrar o organismo.

Enfim, essas são nossas dicas de como curar ressaca! Como dissemos, o ideal é maneirar na noitada ou, pelo menos, intercalar a birita com algumas garrafinhas de água. No entanto, para aqueles goelas-largas de plantão, fica difícil mesmo evitar a dor de cabeça no dia seguinte, e o jeito é recorrer a essas mandingas. Esperamos que consiga, brother!


Barba de Respeito

Condições climáticas são favoráveis a ocorrência de mais chuvas em Natal e interior até domingo, alerta Emparn




As condições climáticas seguem favoráveis para ocorrência de chuvas até domingo (12), segundo a análise feita pela equipe da Gerência de Metereologia da Emparn. De acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, o bloqueio atmosférico que estava presente sobre o Nordeste diminuiu de intensidade. “Associado ao aumento da temperatura das águas superficiais do Oceano Atlântico, que libera mais umidade, temos uma condição favorável para a ocorrência de chuvas em todo o RN nos próximos dias”, disse.

As chuvas marcaram o início da manhã dessa terça-feira (07) em Natal e Parnamirim. A previsão é que o tempo permaneça nublado com possibilidade de chuvas, de intensidade moderada a intensa, em todo o RN, com distribuição espacial irregular, isto é, chove numa localidade e na localidade vizinha pode não chover.

Nesta quarta-feira(08), a previsão é de aumento da nebulosidade em todo o Estado com chuvas mais concentradas nas regiões Central (Vale do Assú) e Médio Oeste. Na sexta-feira, predominância de céu parcialmente nublado e ocorrência de chuvas em todas as regiões. No sábado, novamente predominância de céu parcialmente nublado em todo o Estado com ocorrência de chuvas mais concentradas no Litoral Leste e Agreste e, no domingo (12), predominância de céu parcialmente nublado a claro e ocorrência de pancadas de chuvas.


Blog do BG

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Confira as Atrações da Festa de Emancipação Politica de Passa e Fica dia 12 de Maio


Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 140 milhões no próximo sorteio




Ninguém acertou os seis números do concurso 2147 da Mega-Sena, sorteados na noite desta quinta-feira (2) e o prêmio voltou a acumular. A estimativa do valor a ser pago no próximo concurso é de R$ 140 milhões.

As dezenas sorteados foram 17- 19 – 37 – 41 – 42 – 49.

Na quina, foram 366 apostas ganhadoras, cada uma no valor de R$ 28.739,81.

A quadra saiu para 28.045 apostadores, que receberão R$ 535,81, cada um.

O sorteio do concurso 2148 será no próximo sábado (4).

Agência Brasil

Cabral relata propina mensal de R$ 150 mil para ex-procurador-geral em troca de arquivamento de investigações


O ex-governador Sérgio Cabral relatou, em depoimento ao Ministério Público, o pagamento de propina ao ex-procurador-geral de Justiça Cláudio Lopes em troca de proteção. Cabral prestou o depoimento – a que a Globonews teve acesso – no dia 25 de março, no Complexo Penitenciário de Bangu, onde está preso. O ex-governador conta que pagou pessoalmente R$ 200 mil a Lopes para ajudar na campanha dele para o comando do ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) em 2009. Cabral relatou ainda o pagamento de mesada de R$ 150 mil ao ex-procurador-geral após assumir a chefia do MP. Para “proteção total a mim e aos meus”, relatou. Entre as vantagens recebidas pelo ex-governador, está o arquivamento da investigação sobre a festa em Paris, em 2009, conhecida como “farra dos guardanapos”.

Lopes comandou o Ministério Público do Rio entre 2009 e 2012. Ele foi preso em novembro de 2018 acusado de receber cerca de R$ 7 milhões em propina para blindar a organização criminosa chefiada por Cabral – já condenado por nove vezes, com penas quem somam 198 anos de cadeia.

Segundo Cabral, no primeiro semestre de 2008, Lopes o procurou no Palácio Guanabara para pedir ajuda na eleição do procurador-geral no ano seguinte.

“E disse: ‘Olha, eu preciso da sua ajuda… No Palácio Guanabara… Eu preciso da sua ajuda financeira porque essa campanha é uma campanha difícil’. Na verdade, ele não disse com essas palavras, disse: ‘Olha, tem muito jantar de muitos gastos e eu não tenho esses recursos. Eu tenho um grupo de amigos que me ajuda, mas isso não vai ser suficiente. Eu preciso que você… Eu precisaria de uma ajuda’”, disse Cabral no depoimento.

Segundo o ex-governador o pedido não foi explícito, mas ele ofereceu R$ 200 mil para ajudar.

“‘Foi enviesado, né? Eu disse: ‘Bom, eu posso te ajudar’. Ele falou: ‘Poxa, seria ótimo’. ‘O que que você acha de R$ 200 mil?’ Ele falou: ‘Pô, tá excelente’. Tanto que o Carlos Miranda menciona R$ 300 mil porque isso, também”, disse.

O Globo

Ministra Damares Alves pede a Bolsonaro para deixar o governo




A ministra Damares Alves é a estrela mais vistosa da constelação de evangélicos do universo político. Há alguns dias, ela se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro para discutir seu futuro. Depois de fazer um balanço das atividades do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares comunicou que vai deixar o cargo. Alega que está cansada e precisa cuidar da saúde, que anda debilitada.

Desde que assumiu o comando da Pasta, há quatro meses, a ministra enfrenta uma rotina estressante — mas com um ingrediente incomum: Damares recebe ameaças de morte. Com isso, ela abandonou sua residência, em Brasília, e passou a morar num hotel, cujo endereço é mantido em segredo. Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), Damares também não costuma antecipar a agenda, circula pela cidade escoltada e um segurança fica postado na entrada de sua sala durante todo o expediente.

Veja