quinta-feira, 6 de junho de 2019

Mensagem que alerta sobre acesso ao WhatsApp Web é falsa

Pacotão também responde dúvida sobre golpe de WhatsApp em que criminosos pedem dinheiro de contatos.



Golpe foi enviado em massa por e-mail por criminosos. — Foto: Reprodução/WhatsApp

Golpe de acesso ao WhatsApp Web
Gostaria de saber se tem como analisar se realmente alguém teve acesso à minha conta WhatsApp Web, pois recebi um e-mail me informando que alguém usou sem ser do meu aparelho celular.

Se alguém usou, como devo proceder? – Iolanda Eunice


Iolanda, o e-mail que você recebeu é falso. Trata-se de um golpe para que você clique no link presente na mensagem (o "Sair de todos os computadores"). Essa mensagem é totalmente inventada: ela não foi enviada pelo WhatsApp e não tem nenhuma relação com os acessos a qualquer rede social sua.

O objetivo do e-mail é apenas enganar você para que você clique no link. Se você não encontrou esta mensagem na caixa de spam ou lixo eletrônico do seu provedor, significa que ele deixou passar esse golpe, infelizmente.

Caso você clique no link, você será levada ao download de um programa malicioso. Abrir a mensagem em si para vê-la não causa problemas, mas o link não deve ser acessado.

Caso você tenha clicado no link em um computador, você deve realizar uma varredura com seu antivírus.

Se você tentou acessá-lo a partir do celular, você provavelmente só terá problemas caso tenha recebido uma oferta para instalar um aplicativo. Se você prosseguiu com a instalação, deverá tentar desinstalar esse aplicativo e, se isso não for possível, realizar a restauração do celular às configurações de fábrica. Porém, a maioria desses golpes não funciona no celular e não deve ter acontecido nada. Duas cópias deste mesmo golpe avaliadas pelo blog Segurança Digital atacam apenas Windows.

Se você usa iPhone, não há risco algum. Não há casos registrados de golpes desse tipo que atinjam iPhone.


Vale a pena saber: todos os acessos ao WhatsApp são comunicados em notificações que aparecem em seu celular. Você pode verificar a lista de sistemas autorizados clicando no menu de três pontos e escolhendo a opção "WhatsApp Web".

Transferência bancária após golpe no WhatsApp
Caí num golpe pelo app WhatsApp. Recebi mensagem de um amigo íntimo me pedindo pra fazer uma transferência numa conta. Sem desconfiar, eu fiz. Quando ia passar o comprovante, desconfiei e liguei pra ele, e ele não estava sabendo de nada. Aí ele foi avisando os contatos dele e já tinha outro caindo no golpe também. Há como receber de volta o que eu transferi pra outra conta?

Ainda tenho a conversa no WhatsApp e o comprovante de depósito. – Paulo Weber

Infelizmente, Paulo, recuperar o valor transferido pode ser bastante difícil. Uma vez feita a transferência, os golpistas podem sacar o dinheiro e retirá-lo do sistema bancário, não sendo mais possível bloquear os recursos na conta.

O que você deve fazer é procurar a polícia e registrar um boletim de ocorrência para que o crime seja investigado. A procedência dos recursos que ainda estão nessa conta terá de ser averiguada, já que é possível que a conta corrente em si tenha sido roubada (por vírus que roubam senhas de banco, por exemplo) e que os criminosos tenham só aproveitado a conta para realizar o roubo.

Você também pode procurar um advogado para avaliar suas opções em seu caso específico e com as provas que tem em mãos, mas, dependendo do montante transferido, pode não valer a pena.

Na prática, você entregou diretamente o dinheiro na mão dos criminosos por meio irreversível. Diferente do cartão de crédito, boletos e transferências bancárias são considerados fraudulentos apenas quando um pagamento ou transferência não é realizado pelo titular da conta. O fato de a conta de destino ser de criminosos não caracteriza o ato em si (a transferência) como fraudulenta.

Em outras palavras, as instituições financeiras podem não ter responsabilidade alguma nessa fraude, principalmente se a conta que recebeu os recursos estava regular. A questão muda, é claro, se a instituição financeira foi conivente com a fraude e permitiu a atuação dos criminosos.

É por isso que as autoridades devem ser comunicadas o quanto antes, tanto para a polícia como para as instituições financeiras.

Vale a pena saber: Criminosos estão roubando contas do WhatsApp com torpedos e até ligações falsas. Depois que assumem a conta das vítimas, eles enviam mensagens aos contatos pedindo dinheiro de forma indiscriminada, esperando que alguém caia no golpe. O dono da conta não poderá recuperá-la de imediato, já que os criminosos configuram um PIN de verificação em duas etapas que valerá por 7 dias.

Para se prevenir dessa fraude, é importante configurar a verificação de duas etapas no WhatsApp e jamais compartilhar o código de ativação recebido por SMS.


Reprodução do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário será exibido em Breve