sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

ANTIGOS RIVAIS: Mick Jagger revela não ter dado a mínima para o fim dos Beatles




Foto: Vit Simanek / AP Images

Ao contrário dos milhares de fãs que tiveram o coração partido por John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, Mick Jagger não se incomodou com o fim dos Beatles.

Em uma entrevista à Q Magazine, em 1987, o cantor revelou que ninguém deveria se preocupar com a separação de uma banda, seja ela Beatles ou Rolling Stones.



“É ridículo. Ninguém deveria se importar se os Rolling Stones se separaram, deveriam? […] Quer dizer, quando os Beatles acabaram eu não dei a mínima. Pensei que era uma ideia muito boa”, disse Jagger .

A rivalidade entre as duas bandas não é nenhuma novidade. Durante os anos 1970, Lennon afirmou que os Rolling Stones eram muito “hype” e Jagger era uma “piada”.

Revista Rolling Stones

domingo, 15 de dezembro de 2019

Concursos públicos oferecem 16.537 vagas com salários de até R$ 30 mil




Concursos públicos oferecem pelo menos 16.537 vagas em várias regiões do país. Esse número se refere a concursos selecionados (nacionais, com mais vagas e salários melhores). Se forem considerados todos os concursos, há mais de 28 mil vagas. Existem oportunidades em diversos cargos, destinadas a candidatos de todos os níveis de escolaridade. As remunerações iniciais podem chegar a R$ 30 mil, dependendo da função desejada.

Blog Os Amigos da Onça

Caminhoneiros vão tentar nova paralisação na manhã desta segunda-feira




Foto: EBC

A nova tentativa de protestos de caminhoneiros desta segunda (16) vai começar às 5h. Em setembro, a greve frustrada teve início à meia-noite. Segundo Ronaldo Lima, líder da categoria no Mato Grosso, abrir o evento ao amanhecer dará visibilidade, porque terá mais gente nas estradas fazendo imagens.

Folha de SP

domingo, 8 de dezembro de 2019

Usuários da Caxemira, na Índia, têm WhatsApp cancelado após governo bloquear internet por 4 meses

Segundo a política do aplicativo, contas que não são utilizadas por 120 dias são canceladas. Parte da Caxemira, região disputada entre Paquistão e Índia, teve o serviço de internet cortado em agosto pelo governo indiano.



Pessoas seguram bandeiras do Paquistão e da Caxemira Livre em Karachi, no Paquistão, para expressar solidariedade com o povo da Caxemira, nesta sexta-feira (30). — Foto: Akhtar Soomro/Reuters

Usuários de parte da Caxemira, na Índia, tiveram suas contas de WhatsApp canceladas depois de ficarem sem internet por 4 meses, informaram veículos internacionais de imprensa na quarta-feira (4).

A internet havia sido cortada no dia 5 de agosto em parte da região, quando o governo indiano revogou o status especial do território, que é disputado com o Paquistãolevando a uma série de protestos.

O cancelamento das contas do aplicativo começou a ser percebido depois de relatos, nas redes sociais, de que havia pessoas da região saindo em massa de grupos do aplicativo.

Segundo um porta-voz do Facebook, que é dono do WhatsApp, os "desaparecimentos" ocorreram por causa da política da empresa sobre contas inativas.

"Para manter a segurança e limitar a retenção de dados, as contas de WhatsApp geralmente expiram depois de 120 dias de inatividade", afirmou a empresa em comunicado ao jornal indiano "The Times of India".

"Quando isso acontece, essas contas automaticamente saem dos grupos de WhatsApp. As pessoas precisarão ser adicionadas aos grupos novamente depois que recuperarem o acesso à internet e se cadastrarem no WhatsApp de novo", continua o texto.

Os dados de usuários do aplicativo, entretanto, são guardados em backup no Google Drive - uma vez que eles retomem acesso à conta, podem conseguir recuperar as informações contidas no último backup.

1,5 milhão de usuários afetados


sábado, 7 de dezembro de 2019

Neymar faz golaço e volta a pedir silêncio na vitória do PSG; Assista




Foto: Divulgação/Twitter

O Paris Saint-Germain teve trabalho para vencer o Montpellier por 3 a 1, de virada, neste sábado (7), na casa do adversário. Neymar fez o primeiro e voltou a pedir silêncio na vitória do time da capital francesa, pela 17ª rodada do Campeonato Francês.

Paredes fez um gol contra, mas aí o trio de ataque passou a funcionar. Neymar, Mbappé e Icardi viraram o placar mesmo fora de casa.

O PSG tem 39 pontos e ocupa a liderança da competição. O vice-líder é o Olympique de Marselha, com 31. O Montpellier é o nono, com 24 pontos.

Em troca de ministérios, evangélicos prometem filiar 15 milhões à Aliança




Foto: Reprodução/Instagram

Emissários da bancada evangélica no Congresso fizeram uma proposta chegar aos ouvidos de Jair Bolsonaro, informa a Crusoé.

Em troca de dois ministérios de peso em uma futura reforma, eles se comprometeriam a filiar à Aliança pelo Brasil pelo menos 15 milhões de pessoas.

Em busca de apoio para se viabilizar, o partido Aliança pelo Brasil, que está sendo criado pela família Bolsonaro, poderá ganhar, em prazo curto, 15 milhões de filiados evangélicos. É o que prometem políticos evangélicos no caso de a bancada conquistar “protagonismo maior” no governo, ocupando espaço de atuação política. O apoio para criação de partido deve ser de ao menos 500 mil eleitores de nove estados.

Assediada pela CNN, Sandra Annenberg pode retomar parceria com Evaristo Costa




Foto: Reprodução/TV Globo

O fim do programa da Globo não era esperado nem mesmo por Sandra Annenberg , que teve que mais de 20 profissionais serem desligados de suas funções.

Agora, Sandra Annenberg ficará apenas no comando do “Globo Repórter’ ao lado da colega Glória Maria. Mas, já começaram a surgir especulações de Evaristo Costa quer levar a grande amiga para a CNN , que já tem pegado vários profissionais da Globo , Band e Record.

iG